Estaduais: você lembra desde quando os 12 grandes não perdem na estreia?
Supermoveis

Gov

Macropel

Estaduais: você lembra desde quando os 12 grandes não perdem na estreia?

Fonte: Eduardo de Sousa
SHARE

O Botafogo foi o primeiro dos chamados 12 grandes clubes do país a estrear no estadual. Em jogo antecipado da segunda rodada do Carioca, em virtude do confronto de ida contra o Colo Colo pela pré-Libertadores na próxima semana, o Glorioso não confirmou o favoritismo e foi derrotado pelo Madureira por 2 a 0, em Moça Bonita. O Alvinegro, por sinal, não perdia na estreia desta competição desde 2003, quando o Bangu levou a melhor por 2 a 1, no mesmo estádio Guilherme da Silveira. Levando em conta as principais equipes do futebol brasileiro, a sua invencibilidade em aberturas de estaduais só não era maior que a do Palmeiras, atual campeão do Brasileiro. O último revés do Verdão foi em 1995. Na ocasião, a Portuguesa venceu por 2 a 1, no Canindé. A Lusa, por sinal, também é a responsável pelo último revés do Santos na primeira rodada do Paulistão – 2 a 0, em 2008.

Por coincidência, as últimas derrotas de Flamengo e Corinthians, as duas maiores torcidas do Brasil, aconteceram em 2006. Enquanto o Rubro-Negro perdeu por 1 a 0 para o Nova Iguaçu, no Raulino de Oliveira, na primeira rodada do Carioca, o Noroeste surpreendeu o Timão, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru, pelo mesmo placar.

Se perder na estreia já é ruim, pior ainda quando este resultado adverso ocorre diante do maior arquirrival. Que o diga o Atlético-MG. A última derrota do Galo na primeira rodada do Mineiro ocorreu justamente para o Cruzeiro, em 2013, por 2 a 1. Inicialmente, o clássico estava marcado para a terceira rodada, mas foi antecipado para a primeira como forma de marcar o início da temporada com a reabertura do Mineirão após as obras de reforma do estádio para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. A Raposa, por sua vez, não perde desde 2012. Na ocasião, a equipe Celeste mostrou bastante desentrosamento diante do Guarani-MG, que saiu da Arena do Jacaré com a vitória por 1 a 0.

Um outro Cruzeiro, só que do Rio Grande do Sul, também foi responsável pela última derrota do Internacional na abertura do Gauchão. Foi em 2011 pelo placar de 1 a 0, no Complexo Esportivo da Ulbra, em Canoas. O Grêmio, por sua vez, não é surpreendido desde 2014, quando o São José  aproveitou a inexperiência dos garotos do time B do Tricolor gaúcho para vencer por 1 a 0, no Passo D´Areia. O curioso é que o goleiro gremista na época era o jovem Jackson Follmann, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo envolvendo a equipe da Chapecoense que ia para a Colômbia disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, no final de novembro de 2016. No total, 71 pessoas, entre jogadores, membros da comissão técnica, dirigentes, jornalistas e tripulantes morreram.Atual bicampeão carioca, o Vasco não sabe o que é ser derrotado em estreias do estadual desde 2011. O último algoz foi o Resende, em São Januário, pelo placar de 1 a 0. Realidade bem diferente do Fluminense, que perdeu para o Volta Redonda por 3 a 1, no Raulino de Oliveira, na primeira rodada do Cariocão do ano passado. Sem conquistar o Campeonato Paulista desde 2005, o São Paulo sofreu a última derrota na abertura da competição em 2014. Na oportunidade, o Bragantino venceu por 2 a 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Confira as últimas derrotas dos 12 principais clubes do país na estreia dos estaduais.

Botafogo – Madureira 2 x 0 Botafogo, em Moça Bonita – Carioca 2017

Flamengo – Flamengo 0 x 1 Nova Iguaçu, no Raulino de Oliveira – Carioca 2006

Com gol do atacante Deni, aos 12 minutos da segunda etapa, o Nova Iguaçu derrotou a equipe de reservas do Flamengo, que na época era treinada por Adílio.

Fluminense – Volta Redonda 3 x 1 Fluminense, no Raulino de Oliveira – Carioca 2016

Vasco – Vasco 0 x 1 Resende, em São Januário – Carioca 2011

Santos – Portuguesa 2 x 0 Santos, no Morumbi – Paulista 2008

São Paulo – Bragantino 2 x 0 São Paulo, no Nabi Abi Chedid – Paulista 2014

Corinthians – Noroeste 1 x 0 Corinthians, no Alfredo de Castilho – Paulista 2006

O chute dado por Luciano Santos da meia-esquerda, aos 37 minutos do primeiro tempo, acertou o ângulo direito do goleiro Marcelo e selou a vitória do Noroeste sobre o Corinthians, que contava com jogadores como Carlos Alberto, Tevez e Nilmar. Era a terceira estreia do Timão sem vitória no Paulistão – em 2004 ficou no empate por 2 a 2 com o Atlético Sorocaba e em 2005 perdeu para o Mogi Mirim por 2 a 1.

Palmeiras – Portuguesa 2 x 1 Palmeiras, no Canindé – Paulista 1995

No dia 29 de janeiro de 1995, a Lusa aproveitou o fato de jogar em casa e estreou com vitória no Paulistão com gols de Zinho, aos 24 minutos da etapa inicial, e Paulinho McLaren, de pênalti, aos 33 minutos do segundo tempo. Válber, também numa penalidade, marcou o do Palmeiras no fim do primeiro tempo.

O público foi de 8.561 torcedores.

Cruzeiro – Cruzeiro 0 x 1 Guarani-MG, na Arena do Jacaré – Mineiro 2012

Atlético-MG – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG, no Mineirão – Mineiro 2013

Inter – Cruzeiro-RS 1 x 0 Internacional, no Complexo Esportivo da Ulbra – Gaúcho 2011

Grêmio – São José-RS 1 x 0 Grêmio, no Passo D´Areia – Gaúcho 2014