Estado diz que 11 escolas de MT não têm mais vagas disponíveis...
Supermoveis

Fullbanner2


Estado diz que 11 escolas de MT não têm mais vagas disponíveis para 2016

Fonte:
SHARE
Foto: Mayke Toscano/G1

Estão esgotadas as vagas disponibilizadas para matrículas de novos alunos em onze escolas estaduais de Mato Grosso. Segundo balanço divulgado pelo governo do estado neste domingo (17), já foram registradas quase 33 mil solicitações de matrículas pelo sistema web para o ano letivo de 2016.

Ao todo, foram abertas mais de 121 mil vagas em 439 unidades da rede estadual de ensino. As matrículas tiveram início no último dia 14 e serão encerradas na próxima terça-feira (19). No entanto, 30,6 mil pedidos aguardam confirmação com a apresentação dos documentos dos alunos escolhidos.

De acordo com o secretário-adjunto de Política Educacional da Seduc, Gilberto Fraga de Melo, quem não apresentar a documentação exigida até terça-feira (19), quando se encerra o prazo de matrícula, terá a vaga novamente disponibilizada no sistema como vaga remanescente, o que implica na realização da matrícula nas escolas, de maneira convencional.

A expectativa da Seduc é de que haja uma grande movimentação nas unidades escolares nos dois próximos dias para a entrega dos documentos necessários para a identificação dos alunos. Na escola, é necessário apresentar a certidão de nascimento, RG e CPF do aluno, conforme a portaria que instituiu a matrícula via internet.

No caso daqueles estudantes que não possuem os documentos complementares, a orientação é de que faça a solicitação desses documentos e apresentá-los posteriormente. A medida é necessária, segundo o governo estadual, para garantir que não haja duplicidade de matrículas.

Vagas esgotadas
A Escola Estadual Souza Bandeira, em Cuiabá, é uma das que não disponibiliza mais vagas para alunos novos. Além disso, também foram esgotadas as 90 vagas abertas pela rede estadual de ensino em duas creches localizadas em Cuiabá: Maria Eunice Duarte Barros, no Centro Político e Administrativo (CPA), e Nasla Joaquim Aschar, localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA).

Além delas, outras sete escolas de Rondonópolis e uma de Cáceres, também não têm mais vagas. Porém, a Seduc afirma que estudantes de todo o estado tem a garantia de que há uma vaga disponível em alguma escola para que a sequência ao aprendizado.

Matrículas
Apenas 439 escolas da zona urbana estão realizando as matrículas pela internet, porém, para alunos novos, desistentes ou que tenham abandonado os estudos. Alunos que permanecerão na mesma escola já tiveram a matrícula garantida com a confirmação dos pais ou responsáveis.

Segundo a Seduc, os pais devem se atentar que a transferência de uma unidade para outra é uma tramitação para nova matrícula.

 

Fonte: G1/MT

Montreal