Entidades articulam ações para a erradicação do trabalho infantil
Fullbanner1

Fullbanner2

Triburbana

Entidades articulam ações para a erradicação do trabalho infantil

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

Com o objetivo de criar estratégias que afastem os jovens das condições de trabalho extenuantes e irregulares, entidades se uniram na criação dos projetos Primeiros Passos e Resgatando o Futuro, que foram lançados nessa segunda-feira (12.06).

A iniciativa é resultado da parceria entre a Superintendência Regional do Trabalho em Mato Grosso (STR/MT) e o Sistema Federação do Comércio do Estado de Mato Grosso (Fecomércio), a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) é parceira na ação, por meio do Sine Matriz.  

Durante o lançamento dos projetos, foram apresentadas informações sobre o aplicativo SOS Infância, desenvolvido pelo Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Mato Grosso (FEPETI), entidade ligada a Setas.  O dia 12 de junho foi escolhido para o evento, pois nessa data é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

O secretário da Setas, Max Russi, destaca a importância das campanhas de conscientização. “A principal arma contra o trabalho infantil é a intensa sensibilização civil contra a exploração das crianças e adolescentes, que constitui uma grave violação aos direitos humanos fundamentais”, disse.

A coordenadora técnica pedagógica do Senac, Rosley Barros conta que o Sine é parceiro  do projeto Resgatando o futuro. A equipe psicossocial da unidade localizada no centro de Cuiabá será responsável pelo acompanhamento e triagem dos jovens, com idades entre 14 e 17 anos, para a aprendizagem profissional comercial.

São prioritários para a participação o projeto, os jovens em situação de vulnerabilidade ou condições de trabalho extenuantes. A vaga como aprendiz será uma oportunidade de formação laboral para que fiquem distantes do risco de envolvimento com as piores forma de trabalho infantil.

“Os jovens participam de preparação para a entrevista de emprego no Sine, a parte teórica da formação profissional em supermercado, administrativo e vendas acontece no Senac e a prática se dará nas empresas”, explica Rosley.

De acordo com dados da UNICEF, estima-se que aproximadamente 168 milhões de crianças sejam vítimas de trabalho infantil em todo o mundo. Segundo a Organização Internacional do Trabalho, cerca de 20 em cada 100 crianças começam a trabalhar a partir dos 15 anos.

Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

O Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil(World Day Against Child Labour) é celebrado anualmente em 12 de junho.

O principal objetivo da data é alertar a comunidade em geral e os diferentes núcleos do governo sobre a realidade do trabalho infantil, uma prática que se mantém corriqueira em diversas regiões do Brasil e do mundo.

Esta data foi criada por iniciativa da Organização Internacional do Trabalho, uma agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), em 2002.

Montreal