Encontro do Solidariedade discute estruturação e metas para eleições 2016
Supermoveis

Fullbanner2


Encontro do Solidariedade discute estruturação e metas para eleições 2016

Fonte:
SHARE
Foto: Assessoria

O Solidariedade MT esteve reunido no ultimo sábado (16), na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), para discutir a estruturação da legenda para as eleições de 2016 em todo o Estado. Durante todo o sábado foi debatidos metas entre os dirigentes de cada comissão provisória para o suporte nas bases municipais.

Para o presidente estadual do partido, Emanuel de Souza, a reunião foi satisfatória pois as comissões puderam expor suas dúvidas. “Nós vamos fazer uma campanha em cima de um partido estruturado e essa reunião é só a primeira de muitas onde iremos ajudar os companheiros a montar sua base em cada cidade”.

O deputado estadual Zé Carlos do Pátio (SD), secretário estadual do partido, explicou que o objetivo primário é analisar como está a sigla depois de dois anos de sua criação para poder projetar o crescimento da legenda. “Estamos analisando o quadro de candidatos a prefeitos e vereadores, o que precisa para a organização das comissões em cada município. Teremos uma ideia de como estamos, e a partir disso teremos um número de candidatos para 2016”.

O Solidariedade Mato Grosso tem hoje um deputado estadual, um prefeito interino e mais de 100 vereadores. A legenda já está formada em 92 municípios do Estado. “Até o final do mês chegaremos à centésima comissão provisória, e a nossa meta é que até março o partido tenha 10 mil filiados em Mato Grosso”, realçou Pátio.

O deputado explica que o partido veio de bases sindicais, e tem com principal apoio as bases populares. “Estamos forte dentro dos movimentos de trabalhadores da Reforma Agrária, dos sindicatos. Vamos analisar o quadro de candidatos a prefeitos vereadores, o que precisa para a organização das comissões em cada município. Teremos uma ideia de como estamos, e a partir disso teremos um numero de candidatos”.

O presidente municipal do partido em Cuiabá e prefeito interino Haroldo Kuzai, explicou que o partido tem uma visão nova da política e que isso deve atrair um número maior de correligionários. Além disso, o vereador lembrou que a legenda é uma das mais novas e está entre os 10 maiores do Brasil.

“Estamos reunidos para conhecer as bases municipais e passar as diretrizes e metas do partido para orientar as comissões no sentido da estruturação. Hoje nos temos muitos prefeitos e vereadores além de ter eleito um deputado estadual. Temos uma perspectiva muito boa, porque os partidos que trabalham na maneira da velha política estão perdendo filiados e o solidariedade tem uma proposta de novas ideias”, explicou Kuzai.

 

Montreal