Empresário proporciona à equipe palestra com Doutor em Ciência da Saúde
Supermoveis

Fullbanner2


Empresário proporciona à equipe palestra com Doutor em Ciência da Saúde

Fonte: Assessoria
SHARE

Profissionais de uma academia da cidade participaram, no último final de semana, de um curso com o professor de educação física, doutor em Ciência da Saúde e docente na Universidade Federal de Goiás, Paulo Gentil. O empresário, Elielcio Novaga, levou sua equipe à Cuiabá para proporcioná-los conhecimento e, com isso, aplica-los durante o dia-a-dia.

O professor Paulo Gentil explicou aos profissionais que treinos curtos e intensos, com máximo de esforço e maior tempo de descanso entre eles, são eficazes até para hipertrofia. “Mais qualidade, menos quantidade. Esse seria o ideal, segundo o Dr. Paulo. Ele defende que, entre 10 e 15 minutos, apenas três vezes por semana, já seriam suficientes, seja qual for o objetivo: emagrecimento, saúde ou até mesmo hipertrofia”, explicou.

Mas o autor de vários livros e artigos sobre o tema, publicados no Brasil e no exterior, garantiu aos profissionais que a diferença está na forma como os exercícios são realizados. “Não vale chegar na academia e executar o exercício de qualquer jeito. A maneira como esse treino vai ser feito é que vai fazer toda a diferença”, defendeu Gentil.

Ele completou. “Não importa quantas repetições você faça, importa é que o esforço seja máximo. Fizemos uma pesquisa com dois grupos, e os resultados foram os mesmos. O que importa é o esforço que você emprega no exercício. Se você for à academia três vezes por semana e fizer e uma série com exercícios que envolvem os principais grupamentos musculares, e depois um treino de alta intensidade intervalado na esteira ou bicicleta, isso basta para você ter ganhos cardiorrespiratórios, ganhos de força e massa muscular”.

As pessoas costumam perder horas na academia, o que acaba desmotivando a maioria delas. “A pessoa pode seguir fazendo aquelas tradicionais e longas séries de academia, sem problemas. No entanto, perder todo esse tempo não é necessário. As pessoas vão no achismo. E nosso grupo visou buscar as doses para prescrever os exercícios direitinho. Fomos testando e chegamos num ponto em que para qualquer resultado, seja emagrecimento ou saúde, a dose é pequena”, disse o palestrante.

MAIS COMO ATINGIR O OBJETIVO COM TÃO POUCO?

“Ele nos explicou que é possível trabalhar o músculo um pouco cada dia ou pode trabalhar todos uma vez por semana. Você pode pensar nessa dinâmica de 15 minutos de algumas formas. A pessoa pode fazer uma série de cada exercício e repetir segunda, quarta e sexta, ou só segunda e sexta. Ou pode pensar em trabalhar só um grupo muscular na segunda, outro na quarta e outro na sexta”, disse Elielcio.

Paulo Gentil disse ainda que o método, no entanto, pode ser adotado também para os que não conseguem ou não gostam de fazer tanta força. “Esses podem praticar exercícios menos intensos, desde que por mais tempo. No fim, o ganho será o mesmo. Outro ponto importante é que treinos muito intensos precisam de mais tempo para a recuperação. Assim, se você sobrecarregar aquele mesmo músculo, em vez de “crescimento” vai conseguir uma lesão”, afirmou Gentil.

Todas as teses de Paulo Gentil são baseadas em estudos feitos com grupos controlados de voluntários e podem ser encontradas em seus livros – “Emagrecimento: quebrando mitos e mudando paradigmas” e “Bases científicas do treinamento de hipertrofia”, além de artigos feitos para importantes publicações internacionais.

“Os profissionais saíram com uma visão totalmente diferente de tudo que já haviam visto. Foi um final de semana de muito aprendizado. Agora vamos proporcionar um pouco deste conhecimento para os nossos alunos. Àqueles que quiserem, apresentaremos o método, mas sem esquecer dos que são adeptos a passarem horas na academia, com várias repetições e exercícios”, concluiu Elielcio.

Montreal