Empresário cria máquina para selar cápsulas de café
Fullbanner1


Adventista

Empresário cria máquina para selar cápsulas de café

Fonte:
SHARE

O café de cápsula virou febre no Brasil pela praticidade, mas o empresário que quiser entrar nesse mercado precisa ‘arregaçar as mangas’. Um empresário já criou uma máquina que embala o pó do café nas cápsulas.
O Brasil é o maior produtor e exportador de café e está entre os países que mais consomem a bebida no mundo. A empresária Gabriela Campedelli é de uma família de cafeicultores. Ela vende o produto já para pronto para o consumo. “Antes você fazia, você vendia o produto torrado e moído, depois começou a fazer o sachê, e por último, vieram as cápsulas”.
 

“Quando a gente começou esse negócio de cápsulas ainda não tinha máquina de selar, a máquina era adaptada em copo de requeijão, não tinha cápsula, o selo não estava no formato, então o Wagner caminhou muito com essa máquina”, conta Gabriela.
O Wagner tem uma fábrica de máquinas para selar embalagens.  Quando a gigante do mercado de cafés em cápsulas perdeu a exclusividade da patente, ele criou uma maquininha para selar capsulas de café.
“Foram dois anos de desenvolvimento e eu fiz para atender uma demanda dos clientes, eles ligavam e falavam que não tinha seladora especifica para cápsulas de café”, diz Wagner.
O Wagner já vendeu 40 máquinas. Os clientes são pequenos empresários e produtores de café. Ele também fornece os insumos: as cápsulas coloridas, o selo e a forma para embalar o pó. A selagem não agride cápsula. É trabalho de qualidade e selagem rápida.
“Quero um café fresco então faço produção pequena, ela atende produção pequena. A questão da qualidade dela selar firme o selo, e além de tudo ela é portátil, você quer ir numa fábrica que vai torrar seu café em grande quantidade. Você pode levar ela e falar ‘quero: o café nesse ponto de torra, no ponto de moagem’”, explica Gabriela.
O investimento é baixo. O valor da máquina é R$ 1,5 mil, e ela pode hoje, com facilidade, envasar diversos produtos, pode envasar capuccino, chocolate quente, pode entrar num mercado novo, esse mercado de cápsulas ele é pouco explorado, ele não atingiu ainda a classe “C”.Café Espressivo
Site: www.espressivo.com.br
Email: contato@expressivo.com.br

Sanertech
Site: www.sanertech.com.br
Email: contato@sanertech.com.br

Montreal