Empresária de Rondonópolis muda de vida com farofas artesanais
Supermoveis

Fullbanner2


Empresária de Rondonópolis muda de vida com farofas artesanais

Fonte: Thiago Mattar*
SHARE
Mãe e filha comemoram iniciativa de sucesso. Foto: Felipe Arcanjo.

A ex-funcionária do ramo da construção civil Adriana Lopes virou sua própria chefe. O motivo da guinada de sucesso foi a criação da própria linha de farofas artesanais. A mãe de Adriana, Suely, conhecida na cidade como a tia Su, foi a responsável pelo pontapé inicial.

“Eu trabalhava nessa construtora e vivia viajando, não dava tempo de criar raízes em nenhuma cidade ou ter qualquer tipo de vida pessoal. Mas tinha uma coisa que era sempre recorrente, minha mãe me visitava e levava um pouco das suas receitas. Pronto, meus amigos provavam e sempre pediam mais, as receitas de farofa começaram a fazer muito sucesso”, conta Adriana.

Cansada da carga excessiva de trabalho na empresa, Adriana resolveu pedir demissão e voltar a Rondonópolis. Depois de um tempo entregando currículos, ela teve um estalo. “Uma oportunidade de negócio estava bem ali, literalmente embaixo do meu nariz: começar a vender as farofas da minha mãe”.

No começo, ainda incerta do novo caminho que deveria trilhar, Adriana fez uma pequena experiência com seus conhecidos mais próximos, distribuindo pequenas porções da farofa e pedindo para que os amigos dessem suas opiniões. “Deu certo e eu resolvi arriscar, formalizando uma microempresa”.

Após oito meses de formalização, a Tia Su Farofas Artesanais distribui semanalmente 350 potes de farofa pela cidade, em três sabores. O negócio já conta com quatro funcionários: dois na cozinha, uma auxiliar de limpeza, um rapaz que realiza as entregas e Adriana, que cuida da parte comercial. “Agora estou recebendo retorno do negócio, minha mãe e eu podemos viver só dele”, comemora.

Dentro dos próximos meses, a empresa deve expandir localmente, aumentar o leque de opções de sabores, fortalecendo o mercado local. Depois, Adriana quer distribuir seu produto para outras cidades da região.

Os três sabores de farofa da Tia Su. Foto: Felipe Arcanjo.

Testando o produto

A princípio, o acondicionamento do produto impressiona pela qualidade. Os potes possuem lacre de segurança e rótulos com arte caprichada, informando a tabela nutricional, os ingredientes e a data de fabricação. Armazenadas em local protegido do sol e umidade, as porções têm validade de 60 até 90 dias.

Para acompanhar um bom peixe assado ou ensopado, o carro-chefe é a delicada farofa de banana. Carnes de churrasco são a combinação perfeita para a farofa de castanhas defumada. Já a feijoada encontra na farofa de pimenta sua parceira ideal.

Onde encontrar?

A Tia Su Farofas Artesanais fornece seus produtos aos quatro principais supermercados de Rondonópolis. Também é possível encontrar os potinhos em oito conveniências ou casas de carne da cidade. Páginas no Facebook (aqui) e Instagram (e aqui). A loja física fica na Avenida Rui Barbosa, 2255, no Centro. O telefone para contato é o 66 3421-5209.

*Thiago Mattar, jornalista do portal Notícias de Mato Grosso, formou-se em comunicação pela Mackenzie-SP, foi repórter gastronômico do extinto Guia Quatro Rodas e colaborou nas publicações Brasil, Buenos Aires, Pousadas e Fim de Semana.

Montreal