Emirados Árabes prospectam investimentos no setor do agronegócio
Fullbanner1



Emirados Árabes prospectam investimentos no setor do agronegócio

Fonte: assessoria
SHARE
Foto - José Medeiros/SecomMT

Os países são importantes consumidores da carne mato-grossense

Representantes dos Emirados Árabes Unidos visitam Mato Grosso nesta semana para prospecção de investimentos em agronegócio. A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) participou do encontro realizado no Palácio Paiaguás, nesta quinta-feira (26), que reuniu representantes das principais cadeias produtivas, do governo e empresário para uma rodada de negócio com a comitiva estrangeira.

Os Emirados Árabes Unidos são importantes consumidores da carne bovina mato-grossense e em 2016 foram responsáveis pela importação de US$ 10 milhões em carne, 14% do total importado em carnes brasileiras.

O diretor-executivo da Acrimat, Luciano Vacari, representou a pecuária de corte do estado e destacou a importância de ampliar e fortalecer a relação comercial com os Emirados.

“Os Emirados Árabes representam um mercado em constante expansão, com elevado poder de consumo e grande potencial de investimento. E Mato Grosso é o maior produtor de carne e com capacidade de expandir a produção de carne com qualidade”, destacou Vacari.

O governador Pedro Taques expôs os potenciais do estado e dados sobre a preservação ambiental. “Hoje temos uma área equivalente a países como França ou Espanha preservada e assim pretendemos conservar. Queremos transformar Mato Grosso em um hub para o mundo e para isso precisamos de ajuda em investimentos dos Emirados Árabes. Nos 40% do território em que produzimos, temos o maior rebanho bovino com 30 milhões de animais, sendo que os Estado Unidos possuem 86 milhões e a Austrália 35 milhões”, afirmou Taques que também citou a produção de grãos.

Os investidores percorrem o interior de Mato Grosso e os principais municípios produtores do agronegócio para avaliar os potenciais mercados.

Exportação – Os Emirados Árabes Unidos representam o 16° mercado consumidor da carne mato-grossense exportada. Em 2016 foram 2,5 mil toneladas embarcadas, o equivalente a US$ 10.99 milhões.