Em Rondonópolis, obras de esgoto beneficiarão 1.600 famílias no Jardim Atlântico e...
Supermoveis

Fullbanner2


Em Rondonópolis, obras de esgoto beneficiarão 1.600 famílias no Jardim Atlântico e Europa

Fonte: Assessoria
SHARE
Segundo Zé Carlos do Pátio, os recursos aplicados na obra foram conseguidos durante a sua primeira gestão. Foto: Assessoria.

Nesta segunda-feira (2), a prefeitura, através do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) realizou o lançamento da obra de esgoto dos bairros Jardim Atlântico e Jardim Europa, onde 1600 famílias serão atendidas. No total, serão mais de 20 quilômetros de redes construídas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II).

De acordo com o prefeito Zé Carlos do Pátio, os recursos aplicados tanto nessa obra, que terá inicio na próxima semana, como dos bairros Vila Cardoso, Vila Poroxo, Colina Verde e parte do Jardim Iguaçu, foram conseguidos durante a sua primeira gestão, e neste ano foi necessário o resgate da verba que estava sendo perdida.

“Estamos abrindo várias frentes de trabalho e vamos continuar ampliando, pois em 2020 quero deixar Rondonópolis com a maior cobertura de rede de esgoto de Mato Grosso. E esses recursos de 2012 foram recuperados para que bairros antigos fossem atendidos, como o caso do Jardim Atlântico”, disse o prefeito.

Zé Carlos do Pátio destacou a importância de manter a municipalização da água, e que diferente de Cuiabá onde o serviço foi terceirizado, em Rondonópolis o Sanear tem mostrado empenho em atender com eficiência o município.

A obra que tem previsão para finalizar no final de 2018, e atenderá os dois bairros, faz parte do pacote de recursos de R$ 7 milhões. E de acordo com a diretora do Sanear, Terezinha Souza, a gestão continuará em busca de recursos para conseguir implantar rede de esgoto também na Região Salmen.

Estiveram presentes também no lançamento: o presidente da Câmara Rodrigo da Zaeli, e os vereadores Adonias Fernandes, Batista, Bilu da Areia, Orestes Miraglia, Silvio Negri, Thiago Silva e Wilmar Pimentel. Os secretários de habitação Paulo José e de administração Leandro Arduíni.

Montreal