Em coletiva, Wellington diz que seu grupo será da paz
Supermoveis



Em coletiva, Wellington diz que seu grupo será da paz

Fonte:
SHARE

O senador Wellington Fagundes (PR) que teve a candidatura ao Governo do Estado, oficializada no domingo, esteve na segunda (6) em Rondonópolis, onde realizou uma entrevista coletiva e se apresentou como candidato da paz. “Aqui não tem briga, nossa chapa é coesa, leve, não brigamos, ao contrário dos outros grupos que brigam entre si e entre eles”, disse o candidato.

Fagundes deixou claro que a estratégia que vai desenvolver nesta campanha. Ele pretende evitar agressões e acusações aos seus adversários neste processo eleitoral.

Em Rondonópolis, ele ainda fez questão de destacar que a chapa que vai à disputa, privilegiou a presença das mulheres. “A minha vice é mulher, a minha senadora é mulher e a suplente do meu outro senador também é mulher, vamos ter muita presença feminina na nossa campanha”, externou.

A vice de Wellignton é a servidora pública, Sirlei Theis, a senadora é a ex-reitora da UFMT,  Maria Lúcia Cavalli e a suplente do candidato Adilton Sachetti é a ex-primeira-dama de Santa Carmem, Alessandra Nicolli.

O candidato ao governador ainda anunciou que o vice-prefeito de Rondonópolis, Ubaldo Tolentino de Barros, será um dos coordenadores da campanha no município.  Além de Ubaldo, o ex-prefeito Ananias Filho está na coordenação das candidaturas proporcionais e foi o responsável pela finalização das chapas.

A entrevista ainda contou com a presença dos candidatos ao senado Adilton Sachetti e Maria Lúcia Cavalli, e dos vereadores Roni Cardoso (PRTB) e João Mototaxi (PSL) que deve apoiar o projeto de Wellington.

SACHETTI- O deputado federal e ex-prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti, destacou que a chapa que está colocada tem características municipalistas. Sachetti ainda lembrou do trabalho que Fagundes fez para liberação dos recursos do Fundo de Exportação (Fex) para Mato Grosso, como fundamental para o Estado.