Eduardo Martini, Vanderlei, Emerson, Victor e Gatito. Qual o maior “vilão”?
Supermoveis



Eduardo Martini, Vanderlei, Emerson, Victor e Gatito. Qual o maior “vilão”?

Fonte: SporTV.com
SHARE

Num meio de semana movimentado, cheio de competições, não poderiam faltar grandes defesas. E o “É Gol!!!” solta sua lista para a enquete de “vilões” da rodada: Eduardo Martini (Brasil de Pelotas), Vanderlei (Santos), Emerson (Paysandu), Victor (Atlético Mineiro) e Gatito Fernández (Botafogo) entram nessa briga. Cada um tem seu trunfo para vencer.

No empate entre Fluminense e Brasil de Pelotas por 1 a 1, em Xerém, que classificou o Tricolor às quartas de final da Primeira Liga, a equipe visitante podia ter saído com a derrota, não fosse a bela defesa de Eduardo Martini, mandando a escanteio um chute violento de Marquinho, à queima-roupa, após bela troca de passes.

Em casa, na Vila Belmiro,o Santos venceu o Paysandu por 2 a 0 na primeira partida pelas oitavas da Copa do Brasil, ficando com boa vantagem para levar a vaga. E o goleiro Vanderlei deu sua contribuição. Em contra-ataque do Papão. Leandro Carvalho recebeu lançamento e tinha tudo para marcar. Vanderlei não só saiu bem do gol como fez grande defesa.

Na mesma partida, brilhou também o goleiro Emerson, do Paysandu, quando Ricardo Oliveira recebeu em boas condições na área, matou e bateu de canhota, rasteiro. O goleiro, bem colocado, defendeu e não deu rebote.

Pela Libertadores também teve defesa salvadora. Na vitória do Atlético-MG sobre o Libertad-PAR por 2 a 0, em casa, Victor fez praticamente um milagre com os pés num chute de Medina bem à queima-roupa mesmo, quase na pequena área.

Pra fechar a lista, uma defesa de pênalti. E pênalti é com Gatito Fernandez. Na virada por 2 a 1 do Botafogo sobre o Sport, pela Copa do Brasil, Diego Souza deu umas duas paradinhas para enganar o goleiro. Mesmo com a batida firme, no alto e no meio do gol, parou no paredão alvinegro, que mandou a escanteio.

Clique aqui e vote na defesa mais difícil