Diretora do Rotativo Rondon comparece a audiência da câmara e se desculpa...
Supermoveis


Macropel

Diretora do Rotativo Rondon comparece a audiência da câmara e se desculpa com vereadores por declarações à imprensa

Fonte:
SHARE
Bruna Katarina Sorrentino Pinto- diretora de gestão do Rotativo Rondon / Foto: Assessoria Câmara Municipal

 Vários vereadores questionaram a diretora do Rotativo e alguns elogiaram a empresa, como Aristóteles Cadidé, Mauro Campos e Olimpio Álvis

Por: Ailton Lima

Atendendo a uma convocação do presidente do Legislativo Municipal, vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (PMDB), a diretora de Gestão do Rotativo Rondon, empresa que explora os serviços de estacionamento público na cidade, Bruna Katarina Sorrentino Pinto, compareceu à sessão desta quarta-feira (1), e após dar explicações aos questionamentos dos edis, acabou se desculpando publicamente por declarações efetuadas à imprensa recentemente.

Bruna Katarina Sorrentino Pinto- diretora de gestão do Rotativo Rondon.2
Foto: Assessoria Câmara

Na ocasião das declarações; durante uma entrevista ao Jornal A Tribuna e ao Programa ‘Bom Dia Cidade’ do radialista Orestes Miráglia, ela teria declarado que os vereadores teriam aprovado os valores cobrados pela empresa na exploração dos espaços públicos de estacionamento na cidade, quando na verdade os vereadores aprovaram apenas a implantação do sistema.

Quanto aos valores cobrados, estes já estariam acertados em edital, quando da concorrência e aprovação da licitação.

Vários vereadores questionaram os serviços realizados pela Rotativo Rondon, como o polêmico direito aos 20 minutos gratuitos de estacionamento para os usuários e, a suposta obrigatoriedade da ‘compra casada’ do cartão para ter direito ao tempo limite de tolerância de 20 minutos de estacionamento, ‘sem custos.’

Também foi cobrada isenção de tempo para Idosos e Portadores de Necessidades Especiais (PNE), que a diretora respondeu já existir uma tolerância de uma hora para idoso. Também foi pedido a mesma tolerância para senhoras gestantes.

Foi pedida ainda tolerância para carga e descarga nos comércios, e para taxistas que embarcam e desembarcam passageiros dentre outras.

Um dos questionamentos foi quanto à supostos maus atendimentos aos usuários por parte de alguns “verdinhos”. Bruna disse que o maior desafio e as maiores dificuldades encontradas pela empresa, é justamente, treinar e capacitar os funcionários, já que existe uma rotatividade muito alta de admissões e demissões.

Bruna Sorrentino, explicou ainda aos vereadores a estrutura existente na empresa, que emprega hoje, cerca de 100 funcionários, sendo 40 disponibilizados por períodos (turnos), incluindo seis supervisores, atendendo a 50 parquímetros já instalados.

Segundo a diretora, hoje o sistema funciona com apenas 33% da capacidade da taxa de ocupação, o que tem gerado prejuízos à empresa. Ainda assim, ela garantiu que a expansão dos serviços para as demais quadras no entorno do quadrilátero central, será feita gradativamente, atendendo a demanda.

A diretora disse que em breve vai disponibilizar um vídeo com tutorial explicativo no site da empresa Rotativo Rondon, para que o usuário aprenda a manusear o sistema e faça melhor aproveitamento do serviço e melhorar o serviço de Internet via ‘Wifi’, para agilizar o sistema e atender melhor o usuário.

FULÔ SATISFEITO

Ao final da audiência a reportagem conversou com o presidente do legislativo vereador Fulô (autor da convocação da diretora), que se disse satisfeito com as explicações de Bruna Pinto, afirmando ainda que, “agora sim, ficou bastante claro, o funcionamento do sistema”.

Questionado sobre as explicações dadas por Bruna sobre os polêmicos 20 minutos de tolerância, Fulô também concordou que não existe uma forma de controlar esse uso, sem a automatização do sistema.

“Eu fiquei satisfeito, porque ela atendeu a nossa convocação, veio aqui, deu as suas explicações, se desculpou com os vereadores pelas declarações que fez a imprensa, e eu acho que agora as coisas ficaram bem explicadas, e a população vai poder entender melhor o funcionamento do sistema e até aproveitar melhor o serviço. mas se surgir algum problema, nós estaremos aqui prontos para intermediar e procurar resolvê-lo”, finalizou.

Montreal

4 COMENTÁRIOS

  1. Com faturamento de quase R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) por mês, e ainda trata mal as pessoas que vão pagar, pior ainda, a cidade está cheia de buracos, já alguns pontos intransitáveis. Cadê o dinheiro?

  2. Eu evito ao máximo ir ao centro da cidade pra não ser vitima desse assalto que é esse Rotativo, cada dia que vou lá oque vejo são portas de comércios se fechando em função das poucas vendas que ninguém admite, más caíram consideravelmente após a implantação desse sistema que eu chamo de extorsão, prova disso é eles quererem ampliar a área se nem as vagas das principais ruas do centro são ocupadas totalmente, basta dar uma olhada nos veículos que ficam estacionados nas principais ruas como Amazonas e Mal. Rondon que já se pode avaliar que o espaço ficou elitizado, pois mais de 80% dos veículos que estacionam nessas avenidas são caminhonetes e carros de luxo enquanto o trabalhador assalariado tem que escolher entre colocar combustível no tanque ou estacionar e ai todo mundo sabe oque acontece, o infeliz estaciona o carro a quase um quilometro do centro e tem ir caminhando se não quiser deixar para o prefeito o dinheiro de comprar o pão para dar aos filhos pela manhã. Eu até entendo o ponto de vista do prefeito e dos vereadores, pois se algum dia eu conseguir ganhar a metade que esses parasitas ganham também não vou me importar em pagar R$ 2,50, más hoje faz falta para fechar as contas do mês. Sei que muitos vão me criticar, más não me importo.

  3. Eu e muitos munícipes estamos comprando no bairro onde moramos. Justamente para evitar pagar para estacionar, conheço muitos e muitos que fazem o mesmo. Se o prefeito soubesse o quanto este rotativo vai pesar na campanha e no resultado da eleição, ele desistia do rotativo imediato.

  4. Pessoal o que empresa falou é que investiu R$ 2.000.000,00 na cidade até agora e gerou mais de 100 empregos isso sim é um beneficio pra cidade!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

SHARE
Previous articleIncêndio de grandes proporções destrói 06 ônibus em garagem esta madrugada (2)
Next article43ª EXPOSUL: Inscrições para o concurso Garota Exposul seguem até amanhã sexta-feira (03)