Dilma divulgará nesta terça carta ao Senado e à população, diz assessoria
Fullbanner1

Fullbanner2


Dilma divulgará nesta terça carta ao Senado e à população, diz assessoria

Objetivo é conseguir apoio para barrar impeachment no Senado

2
Fonte:
SHARE
Foto:Assessoria.

A presidente afastada Dilma Rousseff apresentará na tarde desta terça-feira (16), no Palácio da Alvorada, uma carta aberta que escreveu para os senadores e para a população. O texto, intitulado “Mensagem ao Senado e ao Povo Brasileiro”, vem sendo preparado por Dilma nas últimas semanas e é uma tentativa de barrar o processo de impeachment.

O julgamento final de Dilma no Senado está marcado para o próximo dia 25. Nos últimos dias, a presidente afastada avaliou incluir na carta uma lista de compromissos que ela assumiria caso retome o mandato. Entre esses compromissos, estava a defesa de um plebiscito para consultar a população sobre antecipar as eleições.

O conteúdo da carta ainda não foi divulgado, mas segundo o colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti, ela decidiu retirar do documento contribuições apresentadas pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF). Ele tinha defendido, entre outras coisas, excluir do texto expressões como “golpe” e “golpista”.

Outra estratégia que Dilma passou a adotar foi o encontro com senadores no Alvorada, residência oficial da Presidência. Ela também defendeu, em entrevistas e nas redes sociais, uma mobilização pelo país contra o governo do presidente em exercício Michel Temer.

Elaboração da carta

O texto de Dilma para os senadores e para a população estava previsto para ser divulgado inicialmente na semana passada. A presidente decidiu adiar e passou os últimos dias ouvindo sugestões de aliados para a mensagem.

Entre os políticos que deram contribuições para o texto fechado por Dilma estiveram o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, o ex-presidente do PT Ricardo Berzoini e o ex-ministro Jaques Wagner.

Fonte:G1.

Montreal