Dicas essenciais para preservar a saúde do coração no Carnaval
Fullbanner1



Dicas essenciais para preservar a saúde do coração no Carnaval

Fonte:
SHARE

O Carnaval é uma das festas mais esperadas pelos brasileiros

Embora o período seja de descontração, durante o Carnaval muitas pessoas tendem a descuidar da saúde. Para aguentar a maratona dos blocos e da avenida, alguns foliões misturam bebidas alcóolicas com energéticos.

“Essa combinação pode aumentar a pressão arterial, causar palpitações e arritmias cardíacas”, salienta Dr. Rogério Krakauer, médico da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP), alertando: “Quem pretende curtir a festa deve ficar atento aos excessos, que podem resultar em doenças sérias”.

O consumo de álcool no Brasil é superior à média mundial, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (Pense), divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2015, cresceu em 55% o número de adolescentes do último ano do ensino fundamental que já experimentaram bebidas alcoólicas.

Segundo o médico, além do álcool em excesso, existem outros fatores de riscos que devem ser levados em conta, como a desidratação, ingestão de alimentos com muito sódio e gordura, privação do sono e consumo de drogas.

Portadores de doenças cardíacas

Conforme o especialista, para quem já teve problemas no coração e quer aproveitar a festa, o ideal é consultar o médico cardiologista antes. “Pessoas com doença coronariana podem desfrutar o Carnaval. No entanto, devem realizar exames clínicos para verificar a saúde do coração. Manter todas as medicações, exercícios e não sair muito da dieta”.

Ele aconselha que mesmo quem tem uma saúde de ferro, quanto quem sofreu com problemas cardíacos, deve ter atenção redobrada ao perceber algum sintoma anormal. Por exemplo, falta de ar, dor no peito, tonturas e palpitações devem ser observados.
Fonte: LIFESTYLE