Desafios para melhorar índice de desenvolvimento urbano são foco em debate
Fullbanner1


Macropel

Desafios para melhorar índice de desenvolvimento urbano são foco em debate

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Agência Câmara
SHARE

Billy Boss/Câmara dos Deputados

Brasil enfrente desafio para superar diferenças entre municípios, mesmo dentro da mesma região metropolitana

Os índices insatisfatórios de desenvolvimento urbano e os desafios para superar os problemas das cidades foram o foco de seminário internacional realizado hoje pela Comissão de Desenvolvimento Urbano.

“Os índices brasileiros de desenvolvimento urbano estão bem aquém do esperado, como no campo da mobilidade urbana e do saneamento”, afirmou o ministro da Ciência e Tecnologia e Inovação, Gilberto Kassab, na abertura do evento.

Ele parabenizou o trabalho da comissão e disse esperar que a Câmara e o ministério possam estar juntos nos debates sobre infraestrutura, para superar os problemas que o País ainda enfrenta nesse setor. “Tenho certeza que a Câmara, em especial a CDU, estão no caminho correto.”

O deputado Jaime Martins (PSD-MG) presidente da comissão e autor do pedido para realização do evento, afirmou que o seminário é um esforço em trazer para a Câmara dos Deputados o debate sobre questões de interesse da sociedade. Martins afirmou que a Comissão de Desenvolvimento Urbano tem buscado resgatar temas de interesse da sociedade, principalmente dos cidadãos que vivem nas grandes cidades, como mobilidade urbana e saneamento.

Desafios
Marco Aurélio Costa, diretor de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), afirmou o principal desafio da gestão urbana no Brasil são as grandes diferenças entre os municípios, mesmo dentro de uma mesma região metropolitana. Ele fez um histórico da construção das regiões metropolitanas do País.

Costa destacou que houve avanços nos indicadores de desenvolvimento econômico e social, entre os anos de 2000 a 2010, mas não houve avanço em infraestrutura. “No que diz respeito à infraestrutura urbana, a gente não avançou. Depois de 10 anos, não houve diferença significativa nos índices, principalmente na área de saneamento.”

Para Marco Aurélio, o Brasil perdeu uma ótima oportunidade de investir em infraestrutura urbana, o que, segundo ele, “é o gargalo que impede o desenvolvimento nacional”. Ele cobrou uma reflexão profunda sobre o desenvolvimento urbano, sem deixar de lado a questão da gestão metropolitana.

Montreal