Deputados prestam homenagem ao Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária
Adventista



Deputados prestam homenagem ao Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Agência Câmara
SHARE

A Câmara dos Deputados homenageou em sessão solene, nesta segunda-feira (17), o Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária. A homenagem foi solicitada pelos deputados Carlos Zarattini (PT-SP), João Daniel (PT-SE), Marcon (PT-RS) e Valmir Assunção (PT-BA).

Durante a sessão, o deputado João Daniel disse esperar que a questão agrária seja tratada por todas as partes envolvidas em obediência à legislação e ao objetivo constitucional. “Pela construção de uma sociedade fraterna, fundada na harmonia e comprometida na solução pacífica”, completou.

Já Carlos Zarattini lembrou da “infeliz coincidência” da data com o dia da saída da ex-presidente Dilma e ainda criticou a reforma da Previdência. “É a demolição dos direitos dos trabalhadores”, afirmou.

Participaram da sessão representantes de entidades como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Comissão Brasileira de Justiça e Paz, Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e Templo da Terra Pura. Também compareceram ao evento os deputados Erika Kokay (PT-DF), Patrus Ananias (PT-MG) e Paulo Pimenta (PT-RS).

Massacre de Eldorado
O Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária foi decretado em 2002 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. A data faz alusão ao massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido em 17 de abril de 1996, quando 19 trabalhadores sem-terra foram assassinados por policiais militares.