Deputados destacam importância de conscientização da sociedade sobre o autismo
Supermoveis


Adventista

Deputados destacam importância de conscientização da sociedade sobre o autismo

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Agência Câmara
SHARE

A Câmara dos Deputados homenageou em sessão solene, nesta segunda-feira (17), o Dia Mundial do Autismo.

A homenagem foi solicitada pelos deputados Erika Kokay (PT-DF), Janete Capibaribe (PSB-AP), Carlos Zarattini (PT-SP) e Luiz Couto (PT-PB).

A data foi criada em 2008 pela Organização das Nações Unidas e chama a atenção para a importância de conhecer e tratar o Transtorno do Espectro Autista, que atinge mais de dois milhões de brasileiros, segundo dados da própria ONU.

O deputado Luiz Couto afirmou que, com mais divulgação, o tema poderá ser compreendido pela população em geral e isso pode trazer mais qualidade de vida aos autistas e seus familiares.

“Essa melhoria parece muito ampla, abrangendo não apenas os que lidam diretamente com o autismo. Conviver com o transtorno pode ser, também, uma oportunidade de reflexão sobre a própria condição humana”, avaliou.

Na sessão, a deputada Janete Capibaribe criticou a proposta de reforma da Previdência (PEC 287/16) em relação a mudanças nos benefícios de prestação continuada. “Essa proposta deixará dois milhões de autistas brasileiros à própria sorte ou, unicamente, aos cuidados de seus familiares. Por isso, é importante que peçamos, ao presidente da Câmara, a aprovação dos projetos que são favoráveis aos autistas”, destacou.

Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Em frente à Câmarta, familiares juntaram-se a parlamentares nas reivindicações

Já Erika Kokay prestou homenagem, também, aos pais daqueles que sofrem com o transtorno.

“Muitas vezes o Estado desiste, muitas vezes a sociedade, ao segregar, também desiste, mas os pais não desistem nunca. Eles vivem a dor de seus filhos como se fosse a sua própria dor. Isso é exemplo de generosidade e de persistência na construção de uma sociedade melhor”, afirmou a deputada.

Em mensagem enviada à sessão, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, lembrou o papel do Estado e da sociedade na luta contra o preconceito.

“Somos todos responsáveis pelo bem-estar dos que têm algum tipo de deficiência. Todos têm o dever de promover a inclusão e proporcionar dignidade a todos os brasileiros”, disse.

 

Montreal