DEM tem convenção nacional para decidir novo nome e receber “reforços”
Supermoveis


Macropel

DEM tem convenção nacional para decidir novo nome e receber “reforços”

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Foto - Alair Ribeiro/MidiaNews

Uma convenção marcada para o próximo dia 14, em Brasília, deve refletir em muita coisa na política estadual de Mato Grosso. Isso porque o DEM, que no estado é liderado há algum tempo pelos irmãos Júlio e Jayme Campos, deve deliberar sobre muitos assuntos e apresentar sua nova cara, não só com a presença de oito deputados federais que entraram em acordo e deixaram o PSB para ir ao partido, como é o caso dos mato-grossenses Fábio Garcia e Adílton Sachetti, mas com diversos outros encaminhamentos, inclusive seu novo nome. Seguindo uma tendência que o próprio partido foi um dos precursores no país, o Democratas deve seguir a linha de adotar uma palavra como a nomenclatura da agremiação, abandonando o clássico “P” de Partido e a chamada sigla de letra por letra. A nova aposta para o DEM deve ser confirmada em MUDE: Movimento de Unidade Democrática. Sachetti, porém, que está licenciado, anunciou em sua página no Facebook que deve viajar ao Japão, nos próximos dias, ao lado de outros parlamentares, em uma missão totalmente custeada pelo governo do país oriental. Sendo assim, deve ser uma das baixas do evento, no entanto, sua filiação assim como a de boa parte dos grandes nomes que estiverem no PSB em Mato Grosso nos últimos anos está mais do que bem encaminhada.

Montreal