Delegacias da Polícia Civil da capital recebem novos titulares
Supermoveis



Delegacias da Polícia Civil da capital recebem novos titulares

Fonte:
SHARE

Assessoria | PJC-MT

Nove unidades policiais da região metropolitana e quatro regionais trocaram de titular na nova composição da Diretoria da Polícia Judiciária Civil. São duas regionais e seis delegacias do quadro da Diretoria Metropolitana, três delegacias da Diretoria de Atividades Especiais, e duas regionais da Diretoria do Interior. Também houve reforço na Diretoria de Inteligência e em algumas delegacias da capital.

De acordo com o diretor metropolitano, Anderson Clayton da Cruz e Veiga, havia necessidade de fazer o remanejamento para suprir demandas existentes. “As mudanças são parte de um processo natural e também houve remanejamento de escrivães e investigadores para aprimorar os trabalhos investigativos”, completou.

Em Cuiabá, a mudança aconteceu na titularidade da Regional de Cuiabá, que passou a ser administrada pelo delegado, Celso Renda Gomes, em substituição a delegada Anaide Barros, que está de férias e retornando deverá ser lotada na Delegacia Especializada de Adolescente (DEA).

Também houve troca na Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), que passou a ser chefiada pelo delegado, Daniel Lemos Valente, no lugar do delegado, Eduardo Augusto de Paula Botelho.

Para a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) foi nomeado o delegado, Christian Alessandro Cabral, em substituição ao delegado Jefferson Dias, que foi designado para reforçar a equipe do expediente da 2ª Delegacia do Planalto (Carumbé).

O delegado André Renato Gonçalves é o novo titular da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), que além dos delegados adjuntos que atuam na unidade, recebeu reforço do delegado Marcelo Miranda Muniz, que estava na Derf de Várzea Grande.

O delegado Antonio José Esperandio é o novo coordenador da Central de Flagrantes de Cuiabá e da 1ª Delegacia de Polícia (Carumbé), em substituição ao delegado Waldeck Duarte, que está licenciado para aposentadoria.

Em Várzea Grande, a delegada Daniela Silveira Maidel assumiu a Delegacia Regional, onde houve mudança na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), para qual foi nomeada delegada, Elaine Fernandes da Silva, como titular.

Atividades Especiais

Inserida na Diretoria de Atividades Especiais, a Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública, passou a ser chefiada pela delegada Maria Alice de Barros Martins Amorim, assim como a Gerência Estadual de Polinter (Gepol), que teve o delegado Juliano Silva de Carvalho nomeado, e à frente da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), o delegado Vitor Chab Domingues.

A Gerência de Operações Especiais (GOA) será comandada pelo delegado, Valter Furtado Filho, no lugar do delegado Dinelson Pires, que se aposentou. A GOA é a unidade da Polícia Civil no Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), com sede localizada no aeroporto de Várzea Grande. Lá estão lotados o delegado, investigadores e escrivães treinados para ações aéreas.

Interior

No interior, as mudanças ocorreram nas regionais de Primavera do Leste e Pontes e Lacerda. A primeira passou a ser administrada pelo delegado, Rafael Sippel Fossari, que já integrava o quadro de delegados da regional, e a segunda, pelo delegado, Rafael Mendes Scatolon, que deixou a Delegacia de Lucas do Rio Verde para assumir o novo posto. Em Lucas do Rio Verde permaneceu o delegado, Walter de Melo Fonseca Junior.

Reforço

Na 1ª Delegacia de Polícia, local em que funciona o Plantão de Várzea Grande, permanecem os delegados, Douglas Turíbio Schutze (titular) e os adjuntos, Bruno Lima Barcellos e Newton Camargo Braga.

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá recebeu o delegado, Caio Fernando Alvares de Albuquerque, que compõe a equipe da delegada titular, Luciani Barros Pereira de Lima, e seus adjuntos.

O delegado Luiz Henrique Damasceno, desde o final do ano passado, reforça a Gerência de Combate ao Crime Organizado, chefiada pelo delegado Flávio Henrique Stringueta e o adjunto, delegado Diogo Santana Souza.

Inteligência

O reforço da atividade de inteligência era uma das metas do delegado geral, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, quando assumiu a Diretoria Geral, em janeiro deste ano. Já nos primeiros dias de sua gestão, a Diretoria de Inteligência ganhou mais dois delegados.

O delegado, Eduardo Augusto de Paula Botelho, na Coordenadoria de Inteligência Tecnológica, que engloba a Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia (Gecat), e o delegado Luiz Henrique Oliveira, que assumiu a Coordenadoria de Inteligência. O delegado Gerson Vinicius Pereira permanece no cargo de diretor.