Delegacia instaura procedimento para apurar agressão a menor em escola
Supermoveis

Fullbanner2


Delegacia instaura procedimento para apurar agressão a menor em escola

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

A Delegacia Especializada de Adolescente (DEA), da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), ao tomar conhecimento das agressões sofridas por um estudante de 11 anos, que possui deficiência auditiva, instaurou procedimento de investigação. O ato infracional teria sido praticado por outros quatro adolescentes, com idades de 13 e 14 anos, também estudantes da Escola Salim Felício, localizada no bairro Parque Cuiabá, na Capital.

Na tarde desta terça-feira (27.06), a vítima será ouvida com ajuda de intérprete, pela equipe multidisciplinar da Delegacia. Os infratores, assim como a direção da escola, também prestarão esclarecimentos.

Os quatro adolescentes serão apresentados, na quarta-feira (28.06), em audiência na Promotoria da Infância e Juventude de Cuiabá.

A delegada Anaide Barros considerou o fato grave, mas informou que somente após as oitivas poderá definir as infrações que os menores incorreram.

Segundo boletim da Polícia Militar (PM-MT), a vítima foi amarrada e levada para o banheiro da escola, onde teria sido agredida fisicamente pelos infratores, que ainda tentaram empurrar a cabeça do menor no vaso sanitário.

Montreal