Delegacia de Roubos e Furtos é fortalecida e mostra resultados positivos em...
Supermoveis



Delegacia de Roubos e Furtos é fortalecida e mostra resultados positivos em Rondonópolis

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

A Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) iniciou o ano de 2017 com fortalecimento das ações e investigações de repressão, principalmente, aos crimes de tráfico de drogas, patrimonial e delitos gerais, no município de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá).

Nos meses de janeiro, fevereiro e março, a Regional de Rondonópolis contabilizou 55 pessoas presas em flagrantes e cumprimentos de mandados de prisão, em operações e ações pontuais oriundas de denúncias investigadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), que tem uma média de 20 prisões ao mês ou pelo menos duas por semana.

Foram 40 pessoas envolvidas em crimes de roubos, furtos e receptação de produtos, sete acusados de tráfico de drogas e oito ligados a crimes diversos como porte ou posse ilegal de arma de fogo e munições, uso de documento falso e homicídio.

Entre os roubos, está o assalto ao Sindicato dos Transportes de Rondonópolis, no dia 17 de março. O suspeito Fabrício Dorcelino Ramos Pinheiro foi identificado nas investigações da Derf e detido na última quarta-feira (22.03). É ele quem aparece nas imagens com uma arma de fogo na mão.

Além da descoberta de criminosos que estão atuando na cidade em delitos, também houve a recuperação de bens como veículos (carros, picapes, caminhonetes e motocicletas), eletrônicos, dinheiro, entre outros, além da apreensão de porções de drogas, que resultou no fechamento de bocas de fumos, armas de fogo e munições.

No primeiro trimestre de 2017, os crimes de homicídio tiveram redução de 39% na cidade. De janeiro a março de 2016, foram registrados 23 casos, e no mesmo período deste ano, foram apenas 14 registros. Os crimes de roubo e latrocínio (roubo seguido de morte) também caíram para 19% e 50%, respectivamente.

O delegado regional de Rondonópolis, Claudinei Lopes, destacou as mudanças promovidas, em agosto de 2016, nas unidades do município, como a criação da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), que funciona no prédio da 2ª Delegacia de Polícia da Vila Operária, e transferência da Divisão de Entorpecentes, que passou a atuar junto com a Derf, que agora se chama Delegacia de Roubos e Furtos e Narcóticos (Derf-N).

“Fortalecemos a equipe da Derf, que passou a atuar também nas investigações de tráfico de drogas. Essas mudanças resultaram nessas ações positivas. Só temos a agradecer a equipe de delegados, investigadores e escrivães que estão empenhadas em trazer mais resultados positivos para Rondonópolis”, disse.

Além dos investigadores e escrivães, a Derf ganhou mais um delegado, a delegada Ludmila Zorzetti Vendramel integra a equipe do delegado titular, Daniel Rozão Vendramel e  do delegado Gustavo Belão.  “Todo esse trabalho é fruto da competência e dedicação dos novos investigadores e escrivães que estão dispostos a qualquer hora e dia, além do conhecimento que dispõem. Isso ajuda nas nossas investigações”, ressaltou Belao.

Denúncias

Conforme o delegado, as prisões são frutos da credibilidade e a confiança conquista pela Derf perante a sociedade de Rondonópolis, que auxilia todos os dias com denúncias, feitas pelo 197 e o Whatsapp  (66) 9 9725-00197. “Várias dessas prisões são oriundas de denúncias”, afirma.

Unidades de Rondonópolis

A cidade de Rondonópolis tem cinco unidades instaladas. São elas: Delegacias de Roubos e Furtos, 1ª Delegacia de Polícia (Antigo Cisc), 2ª Delegacia de Polícia/Delegacia Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada de Defesa da Mulher e Delegacia Especializada do Adolescente.