Defensoria Pública pede proteção policial para membro que teve casa alvejada a...
Adventista

Fullbanner1


Defensoria Pública pede proteção policial para membro que teve casa alvejada a balas

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

A Administração Superior da Defensoria Pública de Mato Grosso solicitou ao governador Pedro Taques e ao secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, que concedam segurança para o defensor público que atua na comarca de Poconé, João Vicente. Ele teve o portão de sua casa alvejado por seis balas de revolveres, de dois calibres diferentes, no dia 15 de novembro.

No dia seguinte, o defensor prestou queixa e informações na Polícia Judiciária Civil, que apura o caso. “Eu não recebi ameaças, nem tenho inimigos identificados, mas suspeito de algumas situações que prefiro não comentar agora, prefiro aguardar as investigações. Mas não me sinto seguro na cidade depois desse evento e sem saber de onde veio a agressão”, informou.

O defensor público-geral, Silvio Jéferson Santana e os primeiro e segundo subdefensores públicos-gerais, Márcio Dorilêo e Caio Zumioti, estiveram com o secretário Garcia na semana passada, relataram o problema e pediram apoio e agilidade nas investigações.

Na manhã desta segunda-feira (26/11), durante a reunião na qual o governador nomeou o novo defensor público da Instituição, Dorilêo solicitou diretamente a Taques que seja concedida segurança pessoal para Vicente.

O governador conversou com o secretário de segurança e reforçou a necessidade de que ele indique, ainda esta semana, quais medidas poderão ser tomadas. “A nossa intenção é que as investigações apurem o quanto antes o responsável ou os responsáveis pela ação e que a integridade física do defensor seja garantida”, disse Dorilêo.