De volta à casa: Palmeiras reencontra torcida em amistoso com a Ponte...
Fullbanner1

Gov

Adventista

De volta à casa: Palmeiras reencontra torcida em amistoso com a Ponte Preta

Fonte: GloboEsporte.com
SHARE

O Palmeiras guarda boas lembranças da última vez que
encontrou sua torcida na arena. Ao vencer a Chapecoense por 1 a 0 no dia 27 de
novembro, o Verdão confirmou o título brasileiro e o fim de um tabu de 22 anos
sem levantar a taça nacional.

Pouco mais de dois meses depois, a reforçada
equipe comandada por Eduardo Baptista revê o estádio, onde recebe a Ponte
Preta, para amistoso neste domingo, às 17h (horário de Brasília).

O duelo vai ter transmissão ao vivo pela TV Globo (para SP) e cobertura em tempo real, com vídeos, no GloboEsporte.com.

+ Com mudanças, Palmeiras relaciona 22 atletas para amistoso+ Palmeirense Raphael Veiga visita a arena e relembra tempo de torcedor+ Marca do Pitbull: Felipe Melo mostra liderança e repertório no Palmeiras

Além de ansiedade e óbvia expectativa após uma temporada
vitoriosa, o clima na torcida é de curiosidade. Afinal, como a equipe jogará em
2017 após a chegada de tantos reforços de peso?

Eduardo tirou algumas das dúvidas às vésperas do confronto.
Deixou claro que o zagueiro Yerry Mina e o meio-campista Moisés não
participarão dos primeiros jogos no ano por precaução. Quer ambos 100% para a
Taça Libertadores da América – que, para o Palmeiras, começa em março.

Ele já escolheu o esquema 4-1-4-1 para moldar o elenco montado por Alexandre Mattos. Alguns remanescentes do ano passado, como os selecionáveis Vitor Hugo e Dudu, seguem como titulares absolutos. Felipe Melo, contratado para esta temporada, também já ganhou status na equipe principal. Mas a concorrência é grande em diversos setores. 

No gol, o recuperado Fernando Prass e o embalado Jailson travam
uma disputa de alto nível e ainda geram dúvida no técnico. No ataque,
recém-chegados como Raphael Veiga e Willian vêm agradando nos treinamentos e aumentando
a moral com o chefe.

O duelo contra a Ponte Preta, ex-time de Eduardo, é tratado
pelo técnico como um teste e também como forma de se afirmar no novo trabalho.

– É gostoso, jogo amistoso, mas com peso importante para as
duas equipes. Foi a base que trabalhou com a gente. Conseguimos deixar um
trabalho lá, fico muito feliz. Agora eles contrataram. É um clube que minha
família nasceu dentro. Enfrentar numa situação de preparação, de a gente
crescer. Agora quero ganhar da Ponte Preta com o Palmeiras – disse.

A estreia oficial do Palmeiras na temporada está marcada
para o dia 5 de fevereiro, quando o Verdão estreia no Campeonato Paulista de 2017 contra o Botafogo-SP,
na arena.