De Cara Limpa Contra as Drogas atende alunos de comunidade rural em...
Fullbanner1


Macropel

De Cara Limpa Contra as Drogas atende alunos de comunidade rural em Pontes e Lacerda

Fonte: Assessoria | PJC-MT
SHARE

O projeto De Cara Limpa Contra as Drogas concluiu, na terça-feira (04.07), um ciclo de palestras realizadas para 45 alunos, do 6º ao 9º ano, da Escola Municipal Ovídio Miranda Brito, da comunidade Fazenda Triângulo, em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste).

A comunidade fica a cerca de 25 quilômetros de Pontes e Lacerda e participou de ações preventivas do projeto De Bem Com a Vida. Além do repasse de informações e conversas com os adolescentes, os palestrantes usaram o espaço físico da Escola para empregar dinâmicas com os alunos.

Um dos trabalhos tinha o objetivo de quantificar e qualificar o principal problema da comunidade escolar referente ao uso de drogas lícita e ilícita. Como resultado foi apresentado o uso de drogas lícitas, como álcool e tabaco, como os principais pontos a serem enfrentados e discutidos.

Entre os estudantes entrevistados, 90% relatou ter problemas dentro de casa, com essas drogas lícitas, 5% disseram não ter problemas e 5% disseram ter familiares envolvidos com drogas ilícitas.

As ações foram realizadas pelo coordenador do De Cara Limpa Contra as Drogas em Pontes e Lacerda, investigador Sebastião Faria com apoio da investigadora Vanice e da coordenação da Escola. Segundo o coordenador do projeto, o ciclo de palestras era voltado para pais, professores e alunos, porém menos de 30% dos pais compareceram a reunião.

“A ausência dos familiares tem ocorrido em várias escolas, o que é muito triste, uma vez que a maioria dos presentes não sabiam dos malefícios de um Narguilé, por exemplo. Os pais devem ser os primeiros a se conscientizar e não jogar para os professores a educação dos filhos”, destacou o investigador.

 

Montreal