Cuiabana que desapareceu na Síria volta para o Brasil nessa quarta-feira
Fullbanner1


Macropel

Cuiabana que desapareceu na Síria volta para o Brasil nessa quarta-feira

Fonte: Da Redação - Com Olivre
SHARE
Foto: Reprodução Facebook

Familiares e amigos da universitária Juliana Cruz já estão providenciando a passagem de volta da moça a Cuiabá. Juliana, que também é servidora da Associação dos Mato-grossense dos Municípios (AMM), partiu para a Síria durante viagem de férias, em novembro. Ela deve sair do país na próxima quarta-feira (05).

A jovem se comunicava com alguns sírios através das redes sociais e era amiga de muitos deles. Dois dias depois de não voltar para a casa e de perder o contato com a família, Juliana teve um boletim de ocorrência registrado em seu nome pela mãe, no dia 29 de novembro.

A busca para comprar uma nova passagem está sendo realizada porque Juliana perdeu a passagem de volta comprada no Brasil. Ela já está na embaixada brasileira do Damasco, segundo confirmação da assessoria de imprensa do Itamaraty.

A mãe dela não comenta sobre o assunto e nem fala sobre com a imprensa. Anteriormente, o Itamaraty pediu que os veículos de notícias parassem de divulgar fotos de pessoas que estariam envolvidas em um suposto sequestro da universitária, por conta do risco que ela corria no país.

Em guerra civil desde 2011, a Síria é um país dividido politicamente e cheio de conflitos internos. O governo de Bashar al-Assad, que está no poder há dez anos, batalha contra o avanço das forças terroristas do Estado Islâmico, além de opositores e democratas que lutam pela abertura política do país.

Montreal