Cuiabá Rugby vence batalha Dom Aquino e se aproxima do título
Adventista



Cuiabá Rugby vence batalha Dom Aquino e se aproxima do título

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

O Cuiabá Rugby Clube-MT superou o Rugby Sem Fronteiras-DF por placar de 36 a 17 no primeiro de dois confrontos válidos pela final da Copa Brasil Central de Rugby XV, que foi realizado nesse fim de semana, no sábado (20.10), no Complexo Esportivo Dom Aquino, em Cuiabá. E, doravante, se preparará para a segunda partida final, no dia 17 de novembro, em Brasília-DF.

“Momento histórico para o Cuiabá Rugby. Foi a primeira vitória numa final da Copa Brasil Central, a Pequi Nations, e um passo muito grande para a conquista do nosso primeiro título. Fomos vice-campeões por quatro vezes e, nesta quinta tentativa, vencemos a primeira de duas batalhas finais. A vitória significa muito para os atletas e organização do clube”, comenta o presidente, André Dorileo.

“Acredito que reverteremos o placar no próximo confronto. Como jogaremos em casa, em Brasília-DF, contaremos com o reforço de jogadores que não puderam viajar para Cuiabá e, entre eles, estão quatro dos principais. E aplicaremos outra estratégia em campo. Nesse primeiro embate, nós preferimos jogar na retranca, mas vamos pra cima no próximo”, diz o técnico do Sem Fronteiras, Ricardo Lima.

O Cuiabá Rugby abriu o placar com chute de penalidade, um Penal (3×0), depois o Sem Fronteiras virou o marcador com dois Try Não Convertidos (3×10), em seguida o Cuiabá empatou com um Try Convertido (10×10) e depois mais um Try Convertido e foi para o intervalo com vantagem de 17 a 10. E, após intervalo, o Cuiabá abriu com Try Convertido e manteve a dianteira até o fim (36×17).

“Fazem nove anos que buscamos esse título. Disputamos a Copa Brasil Central desde 2010. E sair com uma vitória maiúscula, com 19 pontos de vantagem, num primeiro jogo de final, serve para firmar nosso time, mostrar que somos capazes e elevar nossa moral. Vamos com a cabeça 100% para ganhar o segundo jogo no quintal do adversário”, avalia o gigante viking da 2ª linha, Paulo Arruda, com 2,02 metros de altura e 125 quilos.

“Não sei como faríamos se não fosse o apoio primordial do Sicredi, da Cervejaria Louvada, da Água Mineral Excelência, da GTX Sports e do Cerimonial Izis Dorileo. Seria muito mais difícil organizar jogos, viagens e manter um clube sem o apoio deles. E também dos cerca de 45 colaboradores, entre jogadores e organizadores, que fazem tudo voluntariamente”, finaliza o presidente do Cuiabá Rugby, André Dorileo.

OUTRO EVENTO

Cuiabá sediará a 1ª edição da Superliga Sicredi de Rugby, nos dias 02 e 03 de novembro (numa sexta e sábado), com participação de doze times (três seleções e nove equipes), com partidas em dois locais, no Centro de Treinamento Melina e na Arena Governador José Fragelli, a Arena Pantanal, ambos em Cuiabá. Um torneio nacional organizado pelo Cuiabá Rugby, Melina Rugby e Spac Rugby.