CPI começará a investigar membros do MPE no dia 18
Supermoveis

Fullbanner2


CPI começará a investigar membros do MPE no dia 18

Fonte:
SHARE
Foto: Internet

A primeira reunião ordinária da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar possíveis irregularidades na negociação de cartas de créditos envolvendo membros do Ministério Público Estadual (MPE) será realizada no próximo dia 18 de fevereiro, às 15 horas, na sala das Comissões 202, na Assembleia Legislativa.

A decisão foi tomada nesta quinta-feira (4), em reunião interna entre os deputados que compõem a CPI. Além da definição da data de início, os parlamentares discutiram outros encaminhamentos referentes aos trabalhos da Comissão, como estruturação, equipe técnica, cronograma de atividades, entre outros.

A CPI do MPE foi criada pelo Ato 057/2015, publicado no Diário Oficial de 26 de novembro de 2015. De acordo com o presidente da CPI, deputado estadual Max Russi (PSB), a data definida para o início dos trabalhos foi estratégica, em razão do recesso de final de ano e feriado de Carnaval.

“Decidimos aguardar o fim desses recessos para que não haja interrupção dos trabalhos da CPI. Num diálogo com o demais membros, definimos a realização de uma reunião por semana, que deverá acontecer às quintas-feiras, às 15 horas”, explicou o socialista.

Além de Max, também compõem a CPI os deputados Leonardo Albuquerque (PDT), Wilson Santos (PSDB), Oscar Bezerra (PSB) e Gilmar Fabris (PSD) compõem a comissão como membros tituares. Eduardo Botelho (PSB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Sebastião Rezende (PSD), José Carlos do Pátio (SD) e Mauro Savi (PR) são suplentes.

Montreal