Contratação de crédito é opção para o ​ pagamento das contas...
Fullbanner1

show


Contratação de crédito é opção para o ​ pagamento das contas do início do ano

Fonte: Assessoria
SHARE
Foto: Assessoria.

Janeiro, fevereiro e março são meses considerados pesados no bolso das famílias. Depois das festas e dos presentes no último mês do ano, a vida volta ao normal e as pessoas têm de encarar a realidade, nada agradável no início do ano. Isso porque são meses recheados de compromissos financeiros como IPVA, IPTU, matrícula e material escolar, renovação de seguros e planos de saúde, cujas despesas vêm quase que ao mesmo tempo, e quando somadas às parceladas das compras feitas no fim do ano causam um rombo no orçamento doméstico.

Para aqueles que não guardaram parte do 13º salário para pagar as contas típicas do início do ano, uma das alternativas para quitá-las de uma vez é contratação de crédito. No Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,6 milhões de associados no Brasil – há diferentes linhas disponíveis. A vantagem é que, por ser uma cooperativa de crédito, as taxas de juros são mais justas e competitivas, abaixo das praticadas no mercado.

Na instituição financeira cooperativa, os associados têm várias linhas de crédito disponíveis, que podem ser acessadas conforme a finalidade do empréstimo. Para se ter uma ideia, para o início do ano, por exemplo, além do Crédito Pessoal tradicional há linhas como: Pagamento de Impostos (IPTU e IPVA), Crédito Educação, Informática, Microcrédito Consumo, Crédito Fácil, além do Consignado.

Juliana Rodrigues, consultora de Negócios Pessoa Física do Sicredi Centro Norte, orienta que os associados que precisarem de crédito para o pagamento das contas típicas do início do ano, ou em qualquer época, escolham as linhas mais baratas. “Não aconselhamos usar o cheque especial por muitos dias, por exemplo. É melhor optar por créditos parcelados, que possuem taxas mais baixas e podem complementar o orçamento familiar neste momento”. Ela lembra ainda que linhas como o Crédito Pessoal podem ser contratadas pelos canais digitais (internet banking e aplicativo para celular e tablet).

Entre as vantagens de se contratar crédito junto à cooperativa, Juliana destaca que além das taxas mais justas, o associado tem o retorno de suas movimentações financeiras ao fim de cada exercício, com a distribuição de resultados. Na prática, quer dizer que ao contratar produtos e serviços financeiros no Sicredi, os “investimentos” feitos pelo associado voltam ao fim de cada ano-base proporcionalmente às movimentações financeiras feitas por ele na cooperativa. “Vale lembrar que investindo em sua cooperativa de crédito, o associado também contribui para o desenvolvimento da região onde mora, seja ele pessoa física ou empresa. Ao poupar, por exemplo, o associado ajuda a  cooperativa na obtenção de recursos para emprestar a outro associado, na mesma região, que precisa de crédito para ampliar seu negócio ou comprar um equipamento, melhorando a empresa dele, e gerando emprego e renda. Significa que os recursos aplicados e emprestados pela cooperativa ficam na região, e promovem o que chamamos de ciclo virtuoso”, explica.

Ao contratar uma única fonte de recursos para o pagamento de todas as despesas, e de uma só vez, a pessoa tem mais controle sobre a situação financeira. Ao invés de ter vários credores passará a ter apenas um, a instituição financeira. A avaliação é do economista e tributarista Jonil Vital. Ele afirma que a primeira atitude a ser tomada é colocar na ponta do lápis todas as despesas do período e a receita familiar. “Se a família não tiver o valor necessário para o pagamento das contas, uma das alternativas é contratar crédito e pagar todas de uma vez. Digo isso porque, pagando à vista ela usufrui de descontos. O IPTU e o IPVA, por exemplo, têm descontos para quem paga em cota única até uma determinada data”, afirma, ao comentar que desta forma o contribuinte reduz o valor despendido para o pagamento desses impostos.

Apesar de a contratação de crédito parecer uma solução rápida e fácil, o especialista orienta que ela seja feita com cautela e que a opção seja por linhas de crédito mais baratas. “Uma das opções é o crédito consignado, que tem juros bem baixos se comparados a outras modalidades”, aconselha.

Juliana Rodrigues, do Sicredi, complementa dizendo que a instituição financeira cooperativa trabalha fortemente o consumo consciente do crédito junto aos seus sócios. “Temos a preocupação de ter contato com o associado, conversar com ele sobre os projetos que ele tem, qual a finalidade dos recursos que pretende tomar para direcioná-lo aos melhores negócios. Liberamos o crédito conforme a capacidade de pagamento dele, porque não queremos comprometer a saúde financeira da família”.

Mais informações sobre as linhas de crédito oferecidas pela instituição financeira cooperativa podem ser obtidas no site www.sicredi.com.br.

 

Sobre o Sicredi

 O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,6 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 21 estados*, com mais de 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

 *Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 O Sicredi Centro Norte, composto pelos estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem cerca de 363 mil associados, com 168 agências em 134 municípios.