Conselheiros pedem mais efetivo, veículos e investimentos no Baixo Araguaia
Adventista

Fullbanner1


Conselheiros pedem mais efetivo, veículos e investimentos no Baixo Araguaia

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

Mais três policiais no Núcleo da Polícia Militar em Santa Cruz do Xingu, mais duas caminhonetes para atender os municípios de Bom Jesus do Araguaia e Nova Serra Dourada, mais efetivo policial para Confresa, programas de prevenção às drogas em Porto Alegre do Norte e curso de formação para os membros dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs). Estas foram as demandas debatidas na reunião entre os presidentes dos conselhos dos 11 municípios da região do Baixo Araguaia e as forças de segurança do Estado.

O encontro foi conduzido pelo governador Pedro Taques, durante a Caravana da Transformação, em Porto Alegre do Norte. “O sistema de segurança na região está unido e integrado e a participação do Conseg é importante porque é a ponte entre a população e as forças de segurança”, disse.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Elizandro Jarbas, apresentou que de janeiro a março de 2017 houve redução de 24% de roubos e 23,3% dos homicídios, em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Nos últimos 10 dias, as forças de segurança prenderam 500 pessoas, apreenderam 100 armas de fogo e uma tonelada de drogas, nas operações Bairro Seguro, Brasil Central Seguro e Tiradentes.

“O sistema de segurança possui os três eixos de sustentação: metodologia de trabalho, integração como uma nova forma de fazer segurança pública e o mais importante, o comprometimento, o engajamento dos nossos 15 mil profissionais de segurança pública, sendo que 28% deles, ou 3.663, ingressaram na gestão do governador Pedro Taques”, argumentou Jarbas.

A presidente do Conseg de Porto Alegre do Norte, Marcia Tasca, pediu a implantação do programa Rede Cidadã no município, diante das proporções que o uso e a venda de entorpecentes têm ocorrido na cidade. “Reconheço o grande esforço da Polícia Militar e da Polícia Civil na região, que fazem um trabalho de ponta. Agora, precisamos de um trabalho de ponta para prevenção às drogas nas escolas”.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jorge Luiz, disse que um estudo sobre demanda de efetivo está sendo realizado e que apresentará proposta de remanejamento e analisará os pedidos de incremento de efetivo na região. “Sabemos da precariedade e já aumentamos o efetivo em Serra Nova Dourada. Existe o compromisso de aquisição uma caminhonete e o Governo vai enviar ao município”.

No prazo de até 30 dias, o delegado-geral da Polícia Civil, Fernando Vasco, disse que mandará uma caminhonete seminova para o município de Bom Jesus do Araguaia. “Me senti comovido, pois um sargento da Polícia Militar foi quem me procurou pedindo um veículo melhor para a Polícia Civil, tamanha a necessidade de trabalharem juntos”.

A realização de um novo concurso para 1.200 policiais militares, 1.200 policiais civis – entre investigadores e escrivães – e mais 100 soldados do Corpo de Bombeiros deve ajudar a melhorar o efetivo em todo o estado.

No atual concurso para delegados da Polícia Civil, a maioria irá para o interior. Dois vão ajudar a reforçar a regional de Confresa.