Conquistas para a Saúde Pública marcam prioridade da gestão
Adventista



Conquistas para a Saúde Pública marcam prioridade da gestão

Fonte: Da redação
SHARE

A Secretaria Municipal de Saúde conseguiu nessa gestão, através de emendas dos deputados e senadores de Mato Grosso, recursos que estão permitindo mudar a cara da Saúde Pública do município, com atendimento diferenciado, espaço condizente com a necessidade para o qual foi destinado e, profissionais habilitados para compor esse conjunto tão importante para a população que é o atendimento digno àqueles que necessitam de políticas públicas para terem qualidade de vida.

Em Brasília o prefeito Léo Bortolin visitou todos os parlamentares matogrossenses e, nas duas ocasiões – novembro de 2017 e inicio deste ano – mostrou as demandas do município em diversas áreas, mas com foco e um olhar especial para a Saúde um dos pilares da administração – “percorremos todos os gabinetes, levamos números que comprovam a demanda que enfrentamos diariamente e, conseguimos convencê-los da nossa necessidade de ajuda; e para sermos justos, todos, exatamente todos, nos receberam bem e nos encaminharam para os lugares certos e os resultados estão comprovados em números”.

Os números

Para a construção da UBS do residencial Guterres R$ 750 mil; aquisição de uma ambulância tipo A, R$ 80 mil; equipamento do CAPS., 600.000,00; equipamentos do Centro da Mulher e Centro de Reabilitação, 500.000,00; aquisição novo ultra-som e digitalização do RX, 250.000,00; incremento do teto da média e alta complexidade R$ 3 milhões; incremento do teto da média e alta complexidade 300 mil – totalizando o valor de R$ 5.480 milhões.

A secretária de Saúde, Laura Leandra, é clara ao estabelecer a comparação que aponta avanços da atual gestão – “fiz um levantamento

no sistema e conclui que as emendas da Saúde que conseguimos em cinco meses de gestão atingiram o valor de R$ 5.429 milhões. Estabelecendo um comparativo de 2014 a 2017 os recursos totalizaram R$ 4.306 milhões, ou seja, em cinco meses conseguimos um valor superior a quatro anos de gestão”.

Esses recursos foram provenientes de emendas dos deputados federais Ezequiel Fonseca e Waltenir Pereira e dos senadores Welinton Fagundes, Cidinho e José Medeiros. Pela ótica do prefeito, “essa parceria é benéfica para a população, porque não há um filtro ideológico, procuramos todos os parlamentares de Mato Grosso indiferente de partidos e, em todos os gabinetes tivemos êxito nas nossas reivindicações”.