Comparsa de grávida de 8 meses em roubos de caminhões é preso
Supermoveis

Fullbanner2


Comparsa de grávida de 8 meses em roubos de caminhões é preso

Fonte: Assessoria | PJC-MT
SHARE

A Polícia Judiciária Civil, em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERRFVA), prendeu, na sexta-feira (28), um dos suspeitos de integrar a organização criminosa, que tinha também como membro uma mulher grávida, de 29 anos, na prática de roubos de caminhões.

Uilton Alves de Oliveira, 25 anos, comparsa de Aline Priscila de Souza, 29 anos, que está com 8 meses de gravidez, foi preso em um posto de combustível, na Avenida Miguel Sutil, ao parar para abastecer sua caminhonete F-100, branca.

O casal e mais uma terceira pessoa, no dia 21 de julho, roubaram um caminhão, nas proximidades de um supermercado na Rodovia Emanuel Pinheiro, em Cuiabá,  estrada que liga Cuiabá ao município de Chapada dos Guimarães (67 km da Capital).

Em uma picape Strada branca, Aline,  Uilton e outro homem abordaram o caminhoneiro V.P.L e seu ajudante A.P.J, alegando a contratação de um serviço de frete/mudança. As vítimas seguiram o veículo para atender a oferta de trabalho até uma estrada vicinal próxima a Rodovia.

Em frente uma porteira, armados, os rapazes e a mulher anunciaram o assalto. Imediatamente o caminhoneiro e seu ajudante desceram do veículo, e foram conduzidos sob força física para o meio de um matagal. No local foram amarrados a uma árvore. Para intimidar as vítimas, os assaltantes efetuaram disparos com as armas e faziam ameaças.

Foram 12 horas em cativeiro até que as vítimas fossem liberadas pelos criminosos. Assim que alcançaram o perímetro urbano, V.P.L e A.P.J procuraram ajuda e registraram a ocorrência.

Durante a apresentação dos documentos na Delegacia, o caminhoneiro percebeu que por “equívoco” um dos assaltantes havia entregue a ele a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Uilton Alves Oliveira foi então identificando como um dos homens que participaram do assalto.

Policiais foram até o cativeiro e nas buscas por pistas dos criminosos, encontraram cupons fiscais de compra de alimentos realizadas em um comércio próximo. As vítimas confirmaram que consumiram os itens constantes na nota e os policiais seguiram então até o comércio.

No local havia câmeras de videomonitoramento de segurança. As imagens cedidas pelo comércio auxiliaram nas investigações sobre o envolvimento de Aline no crime. No vídeo, uma mulher com as características de Aline aparece comprando alguns alimentos na data e hora registrada no cupom.

Aline responde por diversos crimes. No dia 11 de julho foi autuada pela participação no roubo de outro caminhão do mesmo modelo, ao qual foi designada ao uso da tornozeleira por estar gestante. No entanto, a mulher sabia como desativar o equipamento e continuou a praticar roubos.

A picape branca utilizada pelos criminosos foi localizada pela Polícia Militar (PM) abandonada em via pública, no bairro Canjica em Cuiabá, nesta terça-feira (25.07).

Aline responde pelos crimes de associação criminosa, roubo majorado e receptação. Em sua nova prisão, na terça-feira (25), o delegado Marcelo Martins Torhacs representou pela conversão da prisão em flagrante da suspeita, em prisão preventiva ou a decretação subsidiária de sua prisão preventiva. O delegado sugeriu à aplicação de medidas cautelares diversas a prisão, ou seja, prisão domiciliar cumulada com monitoramento eletrônico, buscando assim cessar a reincidência em práticas criminosas.

Durante audiência de custódia, Aline foi mantida presa e levada ao Presídio Feminino, Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

O comparsa Uilton será apresentado em audiência de custódia. Ele responderá também por roubo e associação criminosa.

Montreal