Começa processo de transição no Impro; prioridade é pagamento de aposentados e...
Fullbanner1



Começa processo de transição no Impro; prioridade é pagamento de aposentados e pensionistas

Fonte: Da redação
SHARE

A Prefeitura de Rondonópolis recebeu nesta quinta-feira (24) as chaves e demais objetos que estavam em posse do ex-diretor do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Rondonópolis (Impro), Roberto Carlos Correa de Carvalho, após decreto de intervenção feito pelo município. Agora, a equipe de intervenção junto a do instituto darão andamento ao processo de transição de cinco dias úteis. A prioridade é pagar os aposentados e pensionistas dentro do prazo.

O procurador geral do município, Anderson Flávio de Godoi, acompanhou a entrega das chaves dos departamentos do instituto, bem como de demais objetos e afirmou que como o ex-diretor entregou os objetos do instituto e se propôs a fazer a transição, o mandado de busca e apreensão que tramita na Segunda Vara da Fazenda Pública de Rondonópolis, impetrado pelo município perde o objeto da ação. “Será comunicado nos autos do processo que este perdeu o objeto”, explicou.

A interventora nomeada pela Prefeitura, a servidora aposentada, Maria de Fátima Rezende, destacou que neste momento de transição irá priorizar o pagamento dos aposentados e pensionistas, não medindo esforços para que os salários sejam pagos em dia.

O ex-diretor do Impro, Roberto Carlos Correa de Carvalho, informou que neste período de transição fornecerá todas as informações necessárias para o bom andamento dos serviços públicos do instituto. “Vamos trabalhar em conjunto, fazer as trocas das senhas dos computadores para acesso ao sistema e buscar efetuar o pagamento dos aposentados e pensionistas no prazo. Não queremos que ninguém saia prejudicado”, reforçou.

Maria de Fátima ainda ressaltou que irá solicitar servidores municipais para trabalharem junto ao instituto para que o andamento dos serviços não tenha nenhum prejuízo.

1 COMENTÁRIO

  1. Juiz cassa intervenção de Pátio

    A Justiça cassou nesta quinta o decreto de intervenção do prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto) que, por causa de retaliação política, havia “arrancado” Roberto Carvalho da presidência do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (Impro) e nomeado como interventora Fátima Rezende, mãe do ex-secretário de Esportes do Governo Silval, Douglas Rezende, que é ligado ao ex-prefeito Ananias. Agora, Roberto reassume de imediato o posto de diretor-presidente do instituto, que tem cerca de R$ 250 milhões em caixa, podendo dar andamento ao processo eleitoral, que acontece no próximo mês e no qual Roberto deve buscar a reeleição. E, para piorar a estratégia perseguidora de Pátio, todos os atos da interventora serão anulados. A decisão do prefeito lhe trouxe críticas e desgaste e suscitou debates acalorados na Câmara Municipal. Em tese, Pátio queria, com a intervenção, dificultar a permanência no Impro de Roberto, servidor de carreira e que foi secretário de Habitação da gestão Percival.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

SHARE
Previous articleOperação fiscaliza mais duas óticas suspeitas de exercício ilegal da medicina
Next articleEm áudio vazado, ministros do STF criticam greve de caminhoneiros