Com pendurados perto do clássico,Cruzeiro não vai “tirar pé” na 9ª rodada
Fullbanner1



Com pendurados perto do clássico,Cruzeiro não vai “tirar pé” na 9ª rodada

Fonte: Marco Antônio Astoni
SHARE

O Cruzeiro entra em campo, nesta segunda-feira, para enfrentar o Uberlândia, no Parque do Sabiá, com dois jogadores pendurados: os laterais Ezequiel e Diogo Barbosa. O próximo adversário é o Atlético-MG, sábado, no Mineirão, dia 1º de abril. Por isso, há uma preocupação especial da torcida em relação aos dois. Se os laterais receberem cartão amarelo diante do Uberlândia, vão desfalcar o Cruzeiro no clássico.

Entretanto, quem pensa que os dois laterais vão entrar em campo, preocupados em não levar o cartão, está muito enganado. Os jogadores do Cruzeiro estão dando a mesma importância ao jogo com o Uberlândia e ao clássico. Para o volante Hudson, Ezequiel e Diogo Barbosa vão tomar os cuidados que tomam em todas as partidas, sem nenhum tipo de cautela especial.

 – Os cuidados são normais. A gente não pode tomar cartão bobo, em jogadas infantis. Mas não tem como, num jogo valendo três pontos, pedir pra tirar o pé. É claro que a gente evita tomar cartão, numa jogada importante, mas nada de tirar o pé. Só se houver necessidade. Se tiver como escolher, mas as coisas acontecem rápidas num jogo de futebol. A gente torce pra ocorrer tudo bem e ninguém ficar suspenso.

Para o zagueiro Léo, a partida com o Uberlândia vai exigir toda a atenção dos atletas cruzeirenses, por isso nada de tirar o pé.

– Não tem como tirar o pé. É um jogo importante contra o Uberlândia. Temos que fazer tudo o que for possível para vencer. Se tiver que matar uma jogada, não tem que o fazer. Se tomar o cartão, infelizmente vai acontecer. Temos que vencer a partida. É claro que todo mundo quer jogar o clássico, mas todo jogo é importante. Temos que buscar o que fazer, dentro do possível.

Uberlândia e Cruzeiro se enfrentam às 20h (de Brasília) de domingo, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, no encerramento da nona rodada do Campeonato Mineiro.