Com golaço de Robinho, Cruzeiro bateVilla Nova-MG na estreia do Mineiro
Supermoveis

show


Com golaço de Robinho, Cruzeiro bateVilla Nova-MG na estreia do Mineiro

Fonte: Maurício Paulucci
SHARE

A estreia oficial do Cruzeiro no ano não foi de empolgar. Com um primeiro tempo morno, um público pequeno – cerca de 10 mil torcedores – e uma atuação em ritmo ainda de pré-temporada, o time celeste venceu o Villa Nova-MG por 2 a 1, na tarde deste domingo, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. Com o mando da equipe de Nova Lima, mas a maioria de cruzeirenses no Mineirão, a Raposa conquistou os primeiros três pontos no Estadual com um gol de Ariel Cabral e um golaço de falta de Robinho. Roni diminui para o Leão do Bonfim.

Com a vitória, o Cruzeiro somou seus primeiros três pontos no Estadual, dividindo a liderança com Atlético-MG, URT, Tombense e Uberlândia, todos com a mesma pontuação e mesmo saldo. Pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro recebe
o Tricordiano, às 17h (de Brasília), do próximo domingo, no Mineirão. Mas
antes, a Raposa encara o maior rival pela Primeira Liga. O jogo válido pela
primeira rodada do Grupo C da competição nacional é nesta quarta-feira, às
19h30, no Mineirão, com torcida dividida.

O jogo

O Cruzeiro começou voraz. Logo aos 2 minutos de jogo, Ezequiel entrou pela direita e obrigou Fernando Henrique a fazer grande defesa. Claramente, o Villa Nova-MG foi ao Mineirão para jogar por uma bola no contra-ataque. O Leão até chegou com perigo com Felipe Augusto, aos 26, mas o goleiro Rafael evitou que o Villa saísse na frente. Dominando a posse de bola, a Raposa cozinhou o adversário, até que, numa sobra de bola, aos 44, Ariel Cabral apareceu como elemento surpresa para marcar 1 a 0. 

No segundo tempo, aos 20 minutos, uma mudança tática.
Alisson, que sentiu o joelho esquerdo em uma disputa de bola, deixou o campo para a entrada de Ábila. Assim, Sobis passou a
jogar na esquerda, com Robinho pela direita e Arrascaeta centralizado. O
argentino ficou do jeito que gosta, como centroavante. Mas foi num lance de bola
parada que o Cruzeiro ampliou a vantagem no placar, aos 25. Robinho fez o segundo do time celeste em falta cobrada com
maestria, na gaveta. Parece que o segundo gol acendeu o Villa, que logo
respondeu. Quatro minutos depois, após cruzamento de Osvaldir, Roni diminuiu de
cabeça. A partir daí, o jogo ganhou contornos dramáticos. Aos 33, de frente
para o gol, Tchô teve a oportunidade de empatar, mas acabou chutando para fora, para alívio dos cruzeirenses que comemoraram a primeira vitória no Estadual.