Com 50 mil pessoas, Farm Show movimenta pecuária e agricultura
Adventista



Com 50 mil pessoas, Farm Show movimenta pecuária e agricultura

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

Ao longo de quatro dias, agricultores e pecuaristas da região Sul de Mato Grosso frequentaram a Farm Show, no Parque de Exposições de Primavera do Leste (234 km de Cuiabá), em busca de oportunidades de negócios, campo de pesquisa e novidades sobre a agricultura familiar. A estimativa parcial é de que 50 mil pessoas tenham visitado o evento, que termina nesta sexta-feira (31.03). Já o volume de negócios deve ultrapassar os R$ 3 bilhões, de acordo com a organização da feira.

A vitrine tecnológica, com um campo de pesquisa de 60 canteiros experimentais, é o principal atrativo da Farm, que abrange todas as indústrias de produtos químicos e de adubação, de macro e micro, radicular e folhar e novas variedades de todos os cultivares da região. A feira expõe também máquinas leves e pesadas de última geração, veículos e caminhões, equipamentos de irrigação, além de um pavilhão comercial para empresas de todos os segmentos.

O último dia contou com a presença do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, do governador de Mato Grosso, Pedro Taques, e secretários de Estado. A importância dos produtores para a economia brasileira foi destacada pelo chefe do Executivo Estadual. “Em Primavera, temos um exemplo de desenvolvimento com sustentabilidade, e assim tem sido em todas as regiões mato-grossenses. Nós reconhecemos as necessidades do setor, como no caso do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do boi em pé, que tínhamos proposto elevar a alíquota de 7% para 12%, mas conversamos com os produtores e entendemos a importância da manutenção da alíquota nesse momento de crise”, explicou Pedro Taques.

Ele ponderou, porém, que é preciso chegar a um consenso futuro acerca do assunto. “Se aumentamos a alíquota, temos a possibilidade de abrir mais frigoríficos no estado. Hoje, temos 42 plantas em Mato Grosso, e destes 20 estão fechados, o que faz com que tenhamos de tomar medidas não só tributárias, mas também extrafiscais, como esta da majoração da alíquota”.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento afirmou que nenhum país produz tanto utilizando apenas 8% do território, como o Brasil. Também ressaltou que a qualidade dos produtos brasileiros nunca foi questionada e, que com a Operação Carne Fraca, o assunto veio à tona. “É preciso deixar claro que o nosso sistema de certificação é rigoroso e totalmente respeitado nacional e internacionalmente. Já estamos retomando o mercado externo e vamos trabalhar intensamente até conseguir reconquistar completamente a confiança na nossa carne”, frisou Blairo Maggi.

À frente da realização da terceira edição da Farm, o presidente do Sindicato Rural de Primavera do Leste, José Nardes, frisou o crescimento e profissionalização da feira, desde a primeira edição, que reuniu 15 mil pessoas. “O agro está presente nas nossas vidas, todos os dias, nos alimentos que comemos, nas roupas que utilizamos, enfim, é um setor extremamente importante, e com o apoio que temos recebido do Governo do Estado, pretendemos impulsionar cada vez mais os produtores e este evento”.

Termo de compromisso

Ainda durante o evento, o Governo de Mato Grosso assinou um termo de compromisso para pavimentação de trechos das rodovias MT-448 e MT-336. O prefeito de Primavera do Leste, Getúlio Viana, salientou a oportunidade de reunir não só o setor produtivo, como os representantes do Executivo e Legislativo, em prol do estado. “Esse evento é um sucesso e estamos contentes com tantos expositores e também um público que já superou as expectativas. É muito importante demonstrar para a população que estamos juntos, município, Estado e União, pelo desenvolvimento e bem dos cidadãos”.