LATEST ARTICLES

Você empresário já realizou o check-up da sua empresa? Podemos examiná-la, através do diagnóstico organizacional. Mas o que é isso?

Seria como uma radiografia da situação da empresa e seu sistema de gestão. É possível descobrir qual área da empresa está mais produtiva e bem organizada, e qual necessita de melhorias.

Mas por que realizar esse processo? Para identificar o alinhamento estratégico da empresa com os recursos existentes, descobrir quais os pontos fortes e pontos a melhorar, além da melhor forma de aproveitar as oportunidades e os recursos existentes para superar as dificuldades, aumentando a competitividade.

Precisamos saber de onde os problemas vêm e o porquê. Só assim poderemos intervir mais efetivamente para a melhoria dos resultados.

 

Quer saber mais?

O Grupo Psiquê possui equipe especializada para dar o suporte que sua empresa precisa!

Encontre-nos no www.grupopsiquemt.com.br

 

Autora: Thaís Alves – Psicóloga Organizacional– CRP: 18/03480
Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho
Pertence à equipe de Gestão em Pessoas do Grupo Psiquê

 

Você está preparado para uma entrevista de emprego? Sabe como deve proceder durante a conversa com o entrevistador?  Fica nervoso ao imaginar? Calma!

Elencamos 4 dicas valiosas para ajudar você a ingressar ou recolocar-se no mercado de trabalho. Na entrevista de seleção cuidados simples podem fazer toda diferença.

 

1º –> Pontualidade e cordialidade

Chegar atrasado na entrevista pode indicar falta de compromisso ou má administração do tempo. Sendo assim, é essencial ser pontual. Chegar 5 minutos antes do horário marcado poderá causar uma boa impressão. Atente-se a todos os seus gestos a partir do momento em que chegar à empresa, pois você pode estar sendo observado já na recepção, pela maneira de tratar a atendente. Gentileza e educação nunca são demais.

2º –> Apresentação Pessoal

Sua postura diz muito sobre você. Vá vestido de maneira adequada. Demonstre asseio pessoal (cuidado com cabelos e unhas são importantes e básicos). Pense que você precisa vender seu profissionalismo ao recrutador. Então, tome muito cuidado com o que vai dizer e também com a forma que vai dizer, evitando erros de português e gírias.

3º –> Exemplos reais e autênticos

Atualmente, as empresas buscam profissionais que consigam gerar resultados, sendo eficientes na realização de suas tarefas. Por isso, evidencie suas experiências anteriores e mostre ao recrutador os resultados que você gerou. Mas, seja verdadeiro, nada de imaginar uma situação e começar a relatá-la, se baseie no real (situações que você já viveu ) ao invés do ideal, pois, isso pode comprometer sua vaga.

4º –> Seja claro e objetivo

Pense que você não é a única pessoa que está participando do processo seletivo, por isso, o recrutador deve ter mais pessoas para entrevistar. Então, saiba escutar as perguntas e responda de forma clara e objetiva, nada de exagerar em detalhes, vá direto ao ponto e evite ser prolixo. Mas lembre-se: é você quem está concorrendo a uma vaga! Então seja dedicado, demonstre interesse e disponha de tempo para a entrevista.

Em resumo, a dica universal para se dar bem em uma entrevista de emprego é: Deixe seus resultados em evidência, relate sua trajetória e como a mesma foi essencial para o seu desenvolvimento profissional e pessoal. Se você não possui experiência profissional, relate fatos da sua formação acadêmica (escola, faculdade) ou, se possuir, vida religiosa e social. Tente ser claro e breve, preze pelo português correto e seja genuíno com você mesmo e com o recrutador!

Autora: Mayara Záccaro – Psicóloga Headhunter– CRP: 18/02978
Especializando em Avaliação Psicológica
Pertence à equipe de Headhunters do Grupo Psiquê

Quem tem uma criança com o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) sabe como o dia a dia pode ser um desafio, independente da situação. É importante ressaltar, no entanto, que cada caso apresenta uma peculiaridade.

Essas características incluem:

  • Não conseguir prestar atenção nos detalhes de algo ou situação ou cometer erros por descuido em trabalhos escolares e outras atividades;
  • Ter dificuldade em manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas;
  • Não parecer escutar quando alguém lhe dirige a palavra;
  • Não seguir instruções e não terminar tarefas escolares, domésticas ou deveres no local de trabalho quando adulto (não devido a comportamento de oposição ou incapacidade de compreender instruções);
  • Ter dificuldade para organizar tarefas e atividades;
  • Evitar, não gostar ou ficar relutando com o envolvimento em tarefas que exijam esforço mental constante (como tarefas escolares ou deveres de casa);
  • Perder coisas necessárias para tarefas ou atividades (por exemplo, brinquedos, tarefas escolares, lápis, livros ou ferramentas);
  • Ser facilmente distraído por estímulos alheios;
  • Sempre se esquecer de completamente ou de algo em atividades diárias.

As crianças com TDAH podem melhorar com tratamento, mas não há cura. Existem dois tipos básicos de tratamento: Medicação e psicoterapia, porém o que faz toda a diferença é o diagnóstico bem feito.

Assim, nós do Grupo Psiquê de Rondonópolis, nos colocamos à disposição para lhe ajudar, com profissionais especialistas e tecnologia de ponta em Avaliação Psicológica para fins de diagnóstico dos transtornos do desenvolvimento.

Conte conosco. Agende uma consulta pelo fone: (66) 3022-1038 ou (66) 99928-3108

Encontre-nos no http://www.grupopsiquemt.com.br
ou http://facebook.com/psiquerondonopolis

Autora: Gisele Vieira – Psicóloga Clínica – CRP: 18/03625
Capacitada pelo Método ABA
Pertence à equipe de Psicodiagnóstico do Grupo Psiquê

No ciclo de vida, criar família é uma das etapas do desenvolvimento humano, ainda mais na tão aguardada exceptiva de gerar filhos. Quando esse sonho é realizado, surge um outro fator muito importante para a vida do casal: qual seria a melhor maneira de se prevenir uma gravidez não planejada?

Muitos casais, não optando por outros métodos, em busca de qualidade de vida, escolhem a cirurgia de esterilização. No caso dos homens, a vasectomia.

O procedimento é simples e rápido. Os canais responsáveis por levar o espermatozoides para compor o sêmen são cortados, fazendo com que, após a cirurgia, o homem ejacule um sêmen sem espermatozoide.

Infelizmente, o que muitos não sabiam era o impacto psicológico gerado por essa cirurgia. Como consequência desse alerta, tornou-se obrigatório o uso da Avaliação Psicológica para averiguar as condições emocionais do indivíduo que será submetido à cirurgia. O profissional psicólogo deverá emitir um parecer sobre os aspectos referentes a reação, adaptação e recuperação do indivíduo pré e pós cirurgia.

 

Para isso o Grupo Psiquê conta com um equipe de profissionais qualificados, auxiliando famílias para o uso desse procedimento, minimizando assim os riscos de alterações comportamentais que poderiam surgir.

Antes de intervir no corpo, nós cuidamos de sua mente.

Conte conosco. Agende uma consulta pelo fone: (66) 3022-1038 ou (66) 99928-3108

Encontre-nos no http://www.grupopsiquemt.com.br
ou http://facebook.com/psiquerondonopolis

Autor: Alisson  Lins – Psicólogo especialista em Gestão de Pessoas
Professor de Avaliação Psicológica da Unic – Rondonópolis – CRP 18/01836
Sócio proprietário do Grupo Psiquê

Todos nós passamos pelos caminhos da vida. Todos desfrutamos do mesmo sol, mesmo céu, mesma lua. Nos aquecemos para evitar o frio e nos resfriamos para driblar o calor.

Até aí está claro que somos todos iguais, mas, por quê alguns alcançam seus sonhos e outros apenas não saem dos momentos de imaginar o famoso “e se eu..”, saciando-se de fantasias que jamais tornarão realidade?

Esta pergunta pode ter muitas respostas, e depende do foco que você pretende dar ao debate. Mas, de fato, é necessário ter foco em nossas vidas. Foco no caminho! Afinal, para onde você estará indo?  Rumo a morte e tudo bem?

É mais que verdade que aqueles que conseguem planejar suas metas e qualificar seus sonhos, mantendo o foco em pequenos esforços dia após dia para alcança-las são, de fato, os que a alcançam. Então, repito: Se você não sabe pra onde vai… lascou!

Como começou seu 2018? Cheio de sonhos? Estes sonhos possuem um plano para que aconteçam? Não? Está contando com o destino? Vivendo por viver? Se você deseja se desenvolver e não sabe por onde começar, o Grupo Psiquê de Rondonópolis pode te ajudar a trazer seus sonhos do mundo da fantasia e torna-los realidade.

O que fazemos? Te ensinamos a organizar a sua vida e planejar as suas ações, de maneira que você alcance o melhor de você mesmo! Um plano te dará direção e fôlego para que possa crescer e se desenvolver em todas as áreas de sua vida!

Conte conosco. Agende uma consulta pelo fone: (66) 3022-1038.

Encontre-nos no http://www.grupopsiquemt.com.br ou http://facebook.com/psiquerondonopolis

Autor: Alexsander Oliveira – Psicólogo Headhunter– CRP: 18/03100
Esp. em Avaliação Psicológica
Esp. em Gestão Empresarial
Coordenador Academia de Líderes Psiquê
Administrador do Grupo Psiquê

Você pode dizer exatamente para quê você foi contratado? Sua empresa tem descrição de cargo?

Uma descrição de cargos é a definição exata de cada função na empresa e o que se espera do dia a dia de um cargo. Ou seja, este documento esclarece o que exatamente a empresa espera de cada colaborador dentro da sua função.

Uma descrição de cargos bem elaborada reduz os erros nas atividades, insatisfações, tempo de treinamento, rotatividade entre outras questões que reduzem o potencial produtivo do trabalhador e, consequentemente, da empresa.

Se você está com dificuldades de compreender seu papel no seu trabalho, pergunte se sua em

presa possui a descrição de cargos.

Se você possui uma empresa e não se atentou a importância deste documento, o Grupo Psiquê possui equipe especializada para dar o suporte que você precisa!

Encontre-nos no www.grupopsiquemt.com.br

Autora: Thaís Alves – Psicóloga Headhunter– CRP: 18/03480
Especialista em Psicologia Organizacional
Pertence à equipe de Headhunters do Grupo Psiquê

Headhunter é o termo utilizado para se referir aos profissionais que trabalham com recrutamento e seleção, ou seja, buscam talentos no mercado de trabalho. Os hunters procuram pessoas que tem muita habilidade para executar alguma atividade. Para isso, visa selecionar no mercado de trabalho o colaborador ideal para a vaga/empresa.

Recrutamento e seleção de forma sucinta é, captar no mercado de trabalho o colaborador certo para executar/desenvolver a função/cargo certo, porém com o desafio de reter por mais tempo esse profissional na organização.

Se o processo de recrutamento e seleção por competência for eficiente para alocar o profissional certo para exercer as atividades adequadas, teremos um colaborador mais produtivo.

A avaliação psicológica no processo de recrutamento e seleção vem para diminuir as chances de erro na contratação, pois através dos testes psicológicos consegue-se mensurar as competências do candidato de forma mais precisa e científica.

O Grupo Psiquê possui equipe especializada para dar o suporte que sua empresa precisa!
Encontre-nos no www.grupopsiquemt.com.br

Autora: Mayara Záccaro – Psicóloga Headhunter– CRP: 18/02978
Especializando em Avaliação Psicológica
Pertence à equipe de Headhunters do Grupo Psiquê

Nesta primeira etapa da coluna Você Psiquê, apresentamos um breve resumo sobre o autismo.

O Autismo (Transtorno do Espectro Autista – TEA) é um transtorno do desenvolvimento que se manifesta na infância e afeta três áreas importantes:

  • A comunicação: a criança não fala, tem dificuldade para realizar um dialogo ou não fala de forma funcional (repete o que os outros falam, por exemplo)
  • A interação: a criança apresenta pouco contato visual e parece não ter interesse em interagir com outras crianças ou pessoas
  • O comportamento: a criança tem interesses muito restritos e pode apresentar comportamentos repetitivos

Crianças autistas, frequentemente, apresentam dificuldades motoras e sensoriais.

Autismo tem cura?

Ainda não, mas tem tratamento! E quanto antes vier o diagnostico e a intervenção, melhor!

Em geral, ela inclui uma equipe que precisa atuar de forma interdisciplinar e pode englobar profissionais de Psicologia, Psiquiatria, Pediatria, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional.

O Grupo Psiquê de Rondonópolis, possui profissionais especialistas e com tecnologia de ponta em Avaliação Psicológica para fins de diagnóstico dos transtornos do desenvolvimento.

Compreender os possíveis prejuízos no desenvolvimento da criança e diminuir seus efeitos pode reduzir, significativamente, os danos no decorrer de sua vida.

Fazendo um tratamento adequado, a criança melhora muito ao longo dos anos, podendo, inclusive ter uma vida independente.

Autora: Gisele Vieira – Psicóloga Clínica – CRP: 18/03625
Capacitada pelo Método ABA
Pertence à equipe de Psicodiagnóstico do Grupo Psiquê

Resultado de imagem para transtorno do espectro do autismo