Codeur apresenta proposta de revisão do Plano Diretor em audiência pública nesta...
VendaMais

Codeur apresenta proposta de revisão do Plano Diretor em audiência pública nesta terça (17)

SHARE
Foto aérea da região da Av Lions. /Foto Roger Andrade

Por Coracy Lima

A população de Rondonópolis tem a oportunidade de defender os próprios interesses, no que se refere ao desenvolvimento socioeconômico e ambiental, na audiência pública organizada para apresentar a proposta de revisão do Plano Diretor da cidade que acontece na noite desta terça-feira (17). A expectativa do secretário de Habitação e Urbanismo e presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano de Rondonópolis – Codeur é que os moradores participem e assegurem benefícios importantes para todos.

 

Roberto Carlos explica que a lei 10.257/2201 do Estatuto das Cidades determina que o Plano Diretor deve ser revisto obrigatoriamente a cada dez anos. O município que deixar de fazer a atualização corre o risco de perder recursos federais que beneficiam toda a sociedade. Ele conta que o Plano Diretor é um estudo macro de todo crescimento social, habitacional, ambiental, estrutural, econômico e de saúde, por exemplo.

 

O Plano Diretor é o que define questões importantes para a população como Áreas de Preservação Permanentes – APPs, Zonas de Unidades de Conservação – ZUCs, regiões destinadas a construções residenciais e também industriais, além de políticas de mobilidade urbana e construções de escolas, creches e postos de saúde. “Não estamos apenas convidando a população para participar da audiência. Estamos convocando os moradores para contribuírem com a discussão e defenderem os interesses de todos”, diz.

 

O secretário alerta que comunidades como a do Residencial Alfredo de Castro que surgiu de uma ocupação irregular e necessita de toda estrutura, principalmente da aprovação do loteamento e a regularização fundiária, devem apresentar as reivindicações na audiência pública do Plano Diretor. Este é o caso também dos moradores do Residencial Padre Lothar.

 

Conclusão em 2015

 

Roberto Carlos antecipa que a meta do prefeito Percival Muniz é conseguir concluir todo o processo de revisão do Plano Diretor de Rondonópolis, com a aprovação pela Câmara de Vereadores, neste ano. O secretário explica que apesar de o prazo estipulado de conclusão ser até 2016, o prefeito quer evitar qualquer possibilidade de influência política, já que no próximo ano acontecem eleições municipais.

 

Ele conta que a proposta de revisão a ser apresentada na audiência pública foi elaborada pela empresa especializada Cia Ambiental que já fez a atualização do Plano Diretor de outras 60 cidades brasileiras. A empresa cuida da parte técnica e jurídica. Essa proposta passou pela análise do Codeur que agora leva a discussão em audiência pública com todas as comunidades.

 

Depois de avaliada pela população, a proposta é encaminhada ao Conselho Municipal de Desenvolvimento de Rondonópolis – CMDR, composto por entidades representativas, como Acir, CDL, Sindicato Rural, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, entidades religiosas, de classe e assistenciais e  Câmara Municipal – todos com direito a voto. O Conselho avalia as sugestões populares e leva o Plano Diretor Revisado para aprovação dos vereadores.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO