Cinco pessoas são presas com 59 TVs roubadas de transportadora
Fullbanner1



Cinco pessoas são presas com 59 TVs roubadas de transportadora

Fonte: Da Redação com G1
SHARE
Cinco pessoas foram presas com 59 TVs roubadas de transportadora em Cuiabá — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Cinco pessoas envolvidas no roubo de uma transportadora foram presas em flagrante pela Polícia Civil nessa quarta-feira (24), em Cuiabá.

Segundo a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, 59 aparelhos televisores roubados da empresa foram recuperados.

As investigações iniciaram na terça-feira (23), logo após o roubo cometido por quatro homens armados na empresa transportadora. Do local foram roubados aparelhos televisores ainda na caixa, um cofre, entre outros produtos e pertences das vítimas.

Foram presos: Wesley Fernandes da Silva, Maykool Vinícius Pereira Figueira, de 28 anos, Rony Ferreira dos Santos, de 29 anos, e uma mulher. Todos foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado, associação criminosa majorada e corrupção de menores.

O quinto suspeito, um adolescente de 17 anos, foi autuado por ato infracional de roubo majorado e associação criminosa majorada.

Durante investigações, o adolescente foi localizado em uma residência no bairro Vista Alegre, na companhia do comparsa Wesley e uma mulher.

Na casa do adolescente foram encontrados 22 televisores e o cofre subtraído da empresa, que estava arrombado.

O adolescente confessou à polícia a participação no roubo e revelou onde estava o restante dos televisores roubados. Com a informação, a equipe se deslocou até uma casa no bairro Pedra 90, onde foram apreendidos mais 37 televisores.

Rony foi detido logo que chegou à casa.

Em seguida, os investigadores da Derf prenderam prisão de Maykool. Ele foi apontado como a pessoa que ajudou no transporte dos produtos, bem como estava negociando a venda dos aparelhos.

Os cinco envolvidos foram conduzidos à Derf.

Na casa do adolescente foram encontrados 22 televisores e o cofre subtraído da empresa, que estava arrombado — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria