Cidinho, um homem de “coração iluminado”
Fullbanner1

Fullbanner2


Cidinho, um homem de “coração iluminado”

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Secom VG

O senador Cidinho Santos (PR), que visitou o ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, na cadeia, no fim de abril, agora colhe publicamente os frutos amargos de ter tido um “bom coração”. Após aparecer em gravação entregue por Silval à Justiça, anexa a uma delação premiada, onde supostamente está falando de um esquema para anular a Ararath e salvar a pele do companheiro que estava preso, Cidinho esclareceu alguns pontos bem curiosos da sua relação com o ex-governador, que seria “muita próxima”, e disse nas redes sociais coisas interessantes de se analisar. O senador conta, por exemplo, que na conversa que teve no Centro de Detenção garantiu a Silval que falaria com o governador Pedro Taques (PSDB) para o retorno do banho de sol do ex-governador, que havia sido suspenso por um mal comportamento que teve ao discutir com outro detento. Sobre o porquê de ter ido visitar Barbosa, Cidinho sinalizou que ficou tocado quando ouviu do senador Wellington Fagundes (PR), que recentemente tinha feito a mesma visita, a reclamação de Silval pelo distanciamento não só dele (Cidinho), mas do ministro Blairo Maggi (PP), já que nutria grande consideração por ambos. Santos comeu a isca de Barbosa, que, aparentemente, usou com perspicácia Fagundes como mensageiro. Quanto as tantas acusações que Barbosa faz a Blairo, entre comprar o silêncio do ex-secretário Éder Moraes, pagar mensalinho a deputados estaduais e outras, Cidinho foi profundo para defender o titular da sua cadeira no Senado e amigo. “Blairo sempre foi e continua sendo meu exemplo de ética e retidão. Sobre os ensinamentos que ele me passou, procuro educar minhas filhas com muito orgulho”.

Montreal