Chuva forte atinge o Rio de Janeiro e provoca caos no trânsito
Supermoveis

Fullbanner2


Chuva forte atinge o Rio de Janeiro e provoca caos no trânsito

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com EBC
SHARE

A forte chuva no Rio de Janeiro provocou alagamentos em vários pontos da cidade, com impactos no trânsito nas zonas sul e norte. De acordo com o Centro de Operações da prefeitura, os bairros mais atingidos pelo temporal são Jardim Botânico, Gávea, Botafogo, Catete, Laranjeiras, Salto da Boa Vista, Santa Teresa, Tijuca, Grajaú e Maracanã.

Na zona sul, a esquina entre as ruas Jardim Botânico e Pacheco Leão foi fechada para o tráfego de veículos por causa de um alagamento. O mesmo ocorreu na Gávea, Leblon, Ipanema e Rocinha. Passageiros tiveram que descer de ônibus urbanos e se abrigar sob marquises de prédios e nos shoppings centers da região.

De acordo com o Centro de Operações, a cidade está em estágio de atenção desde ontem (19) às 23h45, quando a chuva começou a se intensificar. O estágio de atenção indica chuva fraca à moderada, podendo passar de forte e muito forte, com rajadas de vento.

Na zona norte, a Avenida Maracanã está interditada nos dois sentidos, devido ao transbordamento do Rio Maracanã, altura da Praça Varnhagen, na Tijuca. 

Em outro ponto da cidade, na Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes, também chove forte e há várias ruas alagadas.

A recomendação do Centro de Operações é que as pessoas adiem a volta para casa para evitar retensões no trânsito em meio ao temporal. “Solicitamos à população que postergue o deslocamento pela próxima hora e permaneça em locais seguros, evitando trafegar por vias alagadas. As principais regiões que os motoristas devem evitar o deslocamento no momento, são: Jardim Botânico, Maracanã, Catete, Laranjeiras e Grande Tijuca”, informou o órgão.

De acordo com o comunicado, há previsão de pancadas de chuva moderadas a fortes para as próximas horas em pontos isolados, com rajadas de vento.

O Aeroporto Santos Dumont, na região central da cidade, opera com auxílio de instrumentos. O terminal internacional Rio/Galeão está aberto para pousos e decolagens. Apesar do temporal, as estações do metrô funcionam normalmente para atendimento ao público.

Alerta

A Defesa Civil acionou quatro sirenes para alertar moradores no Morro do Borél, na Tijuca. Por causa do risco de desabamentos, a população é orientada a deixar casas em áreas de risco e procurar locais seguros, como igrejas, creches e escolas.

Montreal