Ceni lamenta ter poupado Cueva, não exclui Everton Ribeiro e elogia Thomaz
Supermoveis



Ceni lamenta ter poupado Cueva, não exclui Everton Ribeiro e elogia Thomaz

Fonte: Marcelo Hazan
SHARE

O técnico Rogério Ceni usou a rodada final do Paulistão para poupar seus titulares e colocar em campo atletas pouco utilizados. Deu certo: os reservas do São Paulo venceram o São Bernardo, por 1 a 0, no estádio Primeiro de Maio.

De olho no mata-mata do Paulistão e nas decisões da Copa do Brasil e da Sul-Americana, o técnico lamentou a lesão de Cueva com a seleção peruana e até o fato de ter poupado o camisa 10 em outros jogos, como por exemplo diante do Palmeiras. O atleta retorna ao Brasil nesta quinta-feira, quando fará exames para detectar a gravidade da lesão.

O Tricolor terá pela frente Linense (quartas do Paulistão), Cruzeiro (Copa do Brasil) e Defensa y Justifica (Copa Sul-Americana).

– Vínhamos poupando porque estava sentindo justamente no lugar que sentiu. Segurei em alguns jogos, tirei contra o Palmeiras (derrota por 3 a 0). Talvez eu devesse ter usado mais ele. A lesão teria acontecido antes e aí ele não ia para seleção e ficava mais tempo com a gente. Mas você quer sempre, lógico, preservar atleta… e nós escolhemos poupar e tirar mais cedo em alguns jogos justamente porque reclamava dessa dor. Espero só que não tenha sido um estiramento, que não haja uma lesão, porque aí perco no mês mais importante, com todos cuidados que tivemos para trazer até aqui. Perco por dois jogos da Seleção. Mas faz parte da vida – disse.

Depois de aprovar a contratação de Thomaz Santos, brasileiro de 30 anos do Jorge Wilstermann, Ceni falou sobre o reforço. Ele buscava um meia com características similares às de Cueva, mas não descartou uma eventual contratação de Everton Ribeiro. Dirigentes do clube, no entanto, não confirmam negociação pelo atleta.

>São-paulinos invadem perfil de peruana pedindo que ajude na recuperação de Cueva>Tricolor acerta a contratação do meia Thomaz Santos, do Jorge Wilstermann

– É um jogador de 30 anos, com estilo de jogo parecido com o do Cueva, que é o que procurava, em condição financeira adequada à realidade do clube. Isso também não exclui, se alguém pensa sobre, o Everton Ribeiro. Também é sempre bem-vindo, há lugar para ele. Não tem problema nenhum, mas penso sempre na possibilidade real, porque precisava até sexta-feira de um jogador para esse mês de abril. Foi o melhor que pude encontrar. Gostei bastante. Vi o jogo contra o Palmeiras, espero que possa ajudar bastante e que possa ser inscrito a tempo no Paulista. Torcemos para que sim (até sexta-feira) – afirmou.

Ceni também destacou a dedicação de Gilberto, reserva do ataque e artilheiro do elenco na temporada, com oito gols. O centroavante foi decisivo mais uma vez, nesta quarta-feira. Ele disse não ter tempo para comemorar o fato de o time não ter sido vazado pela primeira vez, depois de 13 jogos seguidos.

– Ele é titular sempre que entra em campo. Se ele fez oito gols, devo ter colocado alguns minutos para isso. Sabe da admiração e prestígio que tem. O Gilberto era descartado por vocês no ano passado, e hoje divide a vaga de titular. Isso mostra que teve atitude, profissionalismo e dedicação. Temos outros grandes jogadores nessa posição.