CCJ adia debate de PEC das Diretas por obstrução


CCJ adia debate de PEC das Diretas por obstrução

0
Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Agência Câmara
COMPARTILHE

Com o início da Ordem do Dia do Plenário, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania encerrou sua renião sem concluir o debate da Proposta de Emenda à Constituição das eleições diretas (PEC 227/16).

Os deputados aliados ao governo tentavam adiar a discussão, e a obstrução fez com que a proposta não avançasse.

Os aliados do Planalto defendem que a oposição e os defensores da PEC querem apenas desestabilizar o governo. “No melhor dos mundos, com os ritos para aprovar a proposta na Câmara e Senado, nós teríamos uma eleição em maio de 2018, e outra em outubro, é isso que queremos?”, questionou o deputado Alceu Moreira (PMDB-RS).

Para o relator da proposta, deputado Espiridião Amin (PP-SC), o governo deveria retirar a obstrução, uma vez que no Senado uma PEC semelhante foi aprovada por unanimidade na CCJ. “Quem não deixa andar esse projeto está fragilizando politicamente o governo, porque não há razão para não votar”, disse.