Cármen Lúcia promete planilha de pagamento detalhada do Judiciário de MT até...
Supermoveis


Macropel

Cármen Lúcia promete planilha de pagamento detalhada do Judiciário de MT até fim do ano

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - GLÁUCIO DETTMAR/AGÊNCIA CNJ

Deu no “Estadão” deste início de semana uma notícia que pode reabrir a discussão sobre os grandes vencimentos de magistrados de Mato Grosso em 2017. Ao jornal de circulação nacional, se pronunciou nada mais nada menos que a presidente do Supremo Tribunal Federal – STF, a ministra Cármen Lúcia, que garantiu que vai jogar no ventilador até o fim do ano todas as planilhas com o detalhamento dos ganhos, ou super-ganhos, de juízes e juízas do Direito dos tribunais do país para que fiquem conhecidos os vencimentos de todos. “Eu mandei que (os tribunais) colocassem na planilha, eles receberam e, portanto, até dezembro teremos isso público”, garantiu a ministra, em cumprimento a lei da transparência que não é lá um primor de detalhamento em muitos sites, por exemplo, dos Tribunais Regionais Federais – TRFs. A medida, no entanto, não soa bem ao ouvido de muitos que acabam por ganhar, além de benefícios acoplados ao salário, retroativos por terem ocupados temporariamente funções que não a que foram aprovados e outras adequações. O caso que estourou a discussão em solo mato-grossense foi o do juiz da 6º Vara Cível de Sinop, no norte de Mato Grosso, que em julho virou, na verdade, notícia nacional ao embolsar R$ 503 mil em um só mês de pagamento. Apertado por jornalistas, o magistrado defendeu a legalidade do que recebia e sinalizou que não estava “nem aí” para as críticas. Após a garantia atual de Cármen Lúcia, no entanto, novas polêmicas podem vir à tona antes da chegada do papai noel.

Montreal