Caravana Digital desembarca em Rondonópolis
Adventista

Fullbanner1


Caravana Digital desembarca em Rondonópolis

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

A caravana do Seja Digital chegou em Rondonópolis na última semana. Desde quinta-feira (15) a Seja Digital, instituição não governamental e sem fins lucrativos responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da TV no Brasil, está promovendo o evento em vários bairros da cidade.

Nesta terça-feira (20), a Caravana estará no Jardim Liberdade, Rua B, ao lado da Escola Municipal Bernardo Venâncio De Carvalho, das 8h às 17h com música ao vivo, corte de cabelo, orientação jurídica, algodão doce, pipoca e brincadeiras.

Durante o trabalho, mobilizadores do Seja Digital estarão presentes tirando dúvidas sobre acesso ao sinal digital, agendamentos para receber o kit digital (composto por conversor, controle remoto e antena) e ainda como instalar o kit e buscar os canais digitais. Tem direito ao kit digital de graça beneficiários de programas sociais do governo federal. Na hora do agendamento é importante apresentar o NIS (Número de Identificação Social).

Em Rondonópolis mais de 38,5 mil kits estão disponíveis para sem qualquer custo. Para saber se tem direito aos equipamentos, procure os mobilizadores do Seja Digital, presentes nas Caravanas Digitais, na Ação Porta a Porta e em todos os CRAS do município. A população também pode acessar sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para 147.

O sinal analógico será desligado no dia 5 de dezembro em Rondonópolis. Quem não fizer a conversão digital ficará sem acesso a todos os canais abertos da cidade.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.