Candidatos à presidência não virão para campanha em Rondonópolis
Fullbanner1



Candidatos à presidência não virão para campanha em Rondonópolis

Fonte:
SHARE

A cidade de Rondonópolis deve, mais uma vez, passar batida nas eleições para presidente deste ano, pois nenhum dos candidatos a presidência do País, tem qualquer tipo de agenda de campanha eleitoral marcada para a segunda economia de Mato Grosso.

A última vez, que um presidenciável em campanha esteva na cidade, foi em 2010, quando a então candidata do PT, Dilma Rousseff, visitou Rondonópolis e participou de uma rápida carreata pelas principais ruas do centro da cidade. O que chamou a atenção naquela visita foi que Dilma, teve um mal-estar atribuído ao forte calor que fazia.

Nas eleições de 2002, o então candidato Ciro Gomes, que na época estava no PPS, fez um ato de campanha em Rondonópolis. Ciro, naquele ato, havia assinado a chamada carta da agricultura.

No entanto,  muitos dos atuais candidatos ao posto de presidente já estiveram na cidade em outras oportunidades. O líder das pesquisas de intenção de votos, Jair Bolsonaro (PSL) esteve em Rondonópolis no ano passado, participando de uma reunião na União Rondonopolitana das Associações de Moradores de Bairros (Uramb).

O candidato Fernando Haddad visitou Rondonópolis em 2004, onde participou de uma reunião política realizada naquele ano. Haddad era ainda ministro da educação de Lula, que era presidente na época.

O tucano Geraldo Alckmin  (PSDB) veio em Rondonópolis em 2006, quando esteve presente na Agrishow Cerrado.

Campanhas- Se por um lado não há perspectiva de presença de presidenciáveis no município, apenas o candidato Jair Bolsonaro tem apresentado uma campanha nas ruas da cidade.

Além de ter um comitê de campanha em funcionamento, o grupo de Bolsonaro tem realizado com frequência adesivaços e carreatas pelas ruas. Havia até mesmo a expectativa de o candidato visitar a cidade em campanha,  mas devido ao atentado que sofreu no começo de setembro, Bolsonaro não deve fazer campanha enquanto se recupera.