Candidato Wellington recebe documento dos empresários de Rondonópolis
Adventista

Fullbanner1


Candidato Wellington recebe documento dos empresários de Rondonópolis

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

Mais um candidato ao governo do Estado, participou do encontro com empresários,
dessa vez no auditório da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de
Rondonópolis – Acir. CDL, Sindicato Rural, Acir e Sindicato do Comércio Varejista se
uniram e redigiram um documento intitulado “Manifesto da classe empresarial”, que
está sendo direcionado aos candidatos ao governo de Mato Grosso.

No documento são apresentadas propostas de apoio à governabilidade do estado, com
sugestões para que os empresários e a população em geral se sintam mais engajados
no poder público e reconhecido como agentes importantes da cidadania.

“Baseamos nosso documento em necessidades como na infraestrutura do aeroporto,
das estradas, dos distritos industriais; nas questões tributárias que pesam demais na
atividade empresarial; nos desmandos que assistimos pela falta de fiscalização e a
expansão da sonegação e da informalidade que acaba prejudicando quem trabalha
corretamente. Enfim, precisamos de respeito à classe que produz, gera emprego e
renda para o Estado”, disse Juarez Orsolin, presidente da Acir.

Neles Farias, presidente do CDL, disse que espera do novo governado, principalmente
fiscalização. “Nossa categoria não aguenta mais competir com a informalidade que
acaba vendendo mais barato porque sonega tudo. Queremos um governo mais
austero a respeito disso”.

O presidente do Sincom, Almir Santana, também reforçou a questão da fiscalização e
da necessidade de projetos viáveis para que o comércio se recupere com a
participação do poder público no que compete ao Estado.
Os empresários também se manifestaram e o diretor do jornal A Tribuna, Samuel
Logrado, se posicionou a respeito do documento. “Queremos que seja lido e
respeitado. O que solicitamos no Manifesto é para que possamos continuar
trabalhando”.

O candidato ao governo, Wellington Fagundes, lembrou a todos que as raízes dele são
no comércio. “Nasci em Rondonópolis e aqui montei meu negócio. Conheço bem o
setor e as dificuldades que enfrentamos. Estou entre colegas e, inclusive, fui
presidente da Acir por dois mandatos. Então vocês podem esperar de mim o melhor
governo. Sei das dificuldades que Mato Grosso se encontra e das necessidades para
que possamos reencaminhar o estado ao desenvolvimento. A máquina pesada e
muitas deficiências para sanar, mas estamos dispostos”.

Wellington foi o terceiro candidato ao governo do Estado a comparecer frente aos
empresários e receber o Manifesto Empresarial, que deverá servir de base das
necessidades e angústias da classe.