Campanha do IAB-MT pela valorização do arquiteto é realizada em todo o...
Fullbanner1


Macropel

Campanha do IAB-MT pela valorização do arquiteto é realizada em todo o estado

Fonte: Thiago Mattar
SHARE
Outdoor afixado em Rondonópolis alerta sobre a importância de contratar um profissional qualificado. Foto: NMT.

Destacar a importância da formação profissional, essa é a proposta da Campanha de Valorização do Arquiteto, articulada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de Mato Grosso (IAB-MT).

De acordo com o arquiteto e urbanista Carlos Oseko, a profissão não tem conquistado o merecido crédito por parte da população mato-grossense. A tese do profissional encontra ressonância na pesquisa realizada em 2015 pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil e Data Folha, que mostrou que mais de 80% dos brasileiros fazem obras sem a participação de um arquiteto ou engenheiro. O assunto foi destaque no programa Fantástico, da Rede Globo.

Para Oseko, um profissional da arquitetura oferece segurança e economia para qualquer empreendimento, seja a construção de uma casa ou mesmo a urbanização de uma cidade inteira. É ele, por exemplo, o responsável pela habitabilidade de uma casa, pelo planejamento da iluminação natural e pelo conforto térmico.

“Não adianta nada você contar apenas com os serviços de pedreiro para depois descobrir que aquela casa não está habitável, você vai gastar mais dinheiro, seja com a construção e com a consequência negativa à saúde diante do impacto no bem estar e qualidade de vida; para evitar esses transtornos, e economizar até mais de 30% com a obra, você precisa investir apenas cerca de 5% a 15% do valor total da obra na contratação de um profissional”, defende.

Ouvindo as necessidades dos clientes, os arquitetos podem escolher o material mais adequado, prático e correto para uma reforma ou construção, proporcionando conforto, economicidade e segurança técnica. Além disso, o profissional pode responder por qualquer imprevisto negativo ao cliente ou à sociedade. “Se houver qualquer falha no projeto e/ou execução, o Registro de Responsabilidade Técnica do profissional pode responder ao CAU e até judicialmente pelas consequências”, explica.

A Campanha de Valorização do Arquiteto é uma campanha de conscientização voltada ao público geral. No momento, há outdoors instalados em diversas cidades do estado e vídeos circulando pelas redes socais.

Veja alguns vídeos da campanha nos links abaixo:

Montreal