Câmara homenageia 36 personalidades e instituições com Mérito Legislativo 2016
show

Fullbanner1


Câmara homenageia 36 personalidades e instituições com Mérito Legislativo 2016

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Agência Câmara
SHARE

A Câmara dos Deputados homenageou 36 pessoas e instituições com a medalha do Mérito Legislativo 2016 nesta quarta-feira (30), em sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães. Foram agraciadas personalidades que realizam ou realizaram algum serviço considerado relevante para a sociedade.

Na lista deste ano, elaborada a partir de indicações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, membros da Mesa Diretora e líderes de partidos, figuram políticos, juristas, religiosos e médicos, entre outros. Nas palavras do 2º secretário da Câmara, deputado Felipe Bornier (Pros-RJ), são “multiplicadores da cidadania”. “As ações de vossas senhorias são um exemplo inspirador para que mais pessoas se juntem ao grande esforço de atuar pela melhoria da vida dos brasileiros”, afirmou o parlamentar.

Um dos homenageados de 2016 foi o diretor do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata. Entre as instituições, receberam medalha o Lar das Moça Cegas, de Santos, e a Fundação Dorina Nowill para Cegos, de São Paulo. Recebeu ainda o mérito a dupla sertaneja Bruno e Marrone, que enviou representante para a cerimônia.

A medalha Mérito Legislativo é entregue todos os anos, desde 1983, e é de responsabilidade da 2ª Secretaria da Câmara. A entrega foi feita por Rodrigo Maia, por Felipe Bornier e pelos deputados que indicaram os homenageados.

Homenageados de 2016:

– Abelardo Lupion, presidente da Companhia de Habitação do Paraná e deputado federal em seis legislaturas

– Kleber Calmon Hirdes (in memoriam), ex-primeiro substituto do 1º Ofício de Títulos e Documentos do Estado do Rio de Janeiro

– Salomão Viana, juiz federal, titular da 20ª Vara Federal de Execução Fiscal, na Bahia

– Valdomiro Pereira, presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia (Ceadeb)

– Rafael Borges, pastor-presidente da Igreja Batista das Amoreiras

– Ferreira Gullar, poeta

– Jacques Medeiros, ex-presidente da Academia Caxiense de Letras

– Clovis Torres, diretor-executivo de Recursos Humanos, Sustentabilidade, Energia, Integridade Corporativa e Consultoria Geral da Vale S.A.

– Ângela Catão, desembargadora federal do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília

– José Lascane, vereador da Câmara Municipal de Santos (SP)

– Lar das Moças Cegas (Santos-SP)

– Vanilson João Pereira (in memoriam), cabo da Polícia Militar de Goiás

– Mônica Sardas, desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

– Rodrigo Bressan, psiquiatra

– Fundação Dorina Nowill para Cegos (São Paulo-SP)

– Confederação Nacional da Indústria (CNI)

– Henrique Paim, ex-ministro da Educação

– Cláudio de Souza (Vereador Claudinho), vereador da Câmara Municipal de São Paulo

– Júlio Marcelo de Oliveira, procurador do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas da União (TCU)

– João Batista Araújo Carvalho Lima (Bispo JB Carvalho)

– Nova Acrópole, organização filosófica, cultural e social

– Cezar Saldanha, professor doutor

– Manoel Dias, secretário-geral do PDT

– Eliziane Costa, vice-prefeita de Delmiro Gouveia (AL)

– Cynthia Charone, médica

– Aldo Rebelo, político

– Henrique Prata, diretor do Hospital de Câncer de Barretos

– José Medrado, idealizador e fundador do complexo social espírita Cidade da Luz, em Salvador (BA)

– Bernardino Albuquerque, presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas

– Denise Assumpção Fernandes, presidente do PSC Mulher

– Jônadan Ma, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando

– Guilherme Boulos, membro da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto

– Silvio Avelino da Silva, servidor da Câmara dos Deputados

– Tereza Campello, ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

– Bruno e Marrone, dupla sertaneja

– Renato Lima de Oliveira, presidente internacional dos Vicentinos