Câmara acolhe projeto sobre criação de Centro de Endocrinologia
Adventista



Câmara acolhe projeto sobre criação de Centro de Endocrinologia

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

A Câmara de Vereadores deve receber, nesta semana, um projeto que versa sobre a criação do Centro de Endocrinologia de Rondonópolis – CER, que terá ambulatório, triagem endocrinológica e enfermaria de endocrinologia. Durante a ordem do dia desta terça-feira (23), o doutor Arthur Emílio Vieira, servidor efetivo do município, explicou aos vereadores que o infarto e o derrame são as maiores causas de óbito e, estes, na maioria das vezes, são provocados por diabetes e obesidade mórbida.

“Quando eu cheguei em Rondonópolis, em 2012, fui atender no Ceadas e de lá para cá organizei laboratórios distintos com ambulatório, espaço para atendimento em caso de tireóide e um para obesidade. No gráfico de 2017, os casos de obesidade mórbida caíram significativamente e atribuo este fato a esta organização que fizemos. Os dados são preocupantes: em 2012, a administração pública gastou quase 1,2 milhão com internação nesta área. Somente na minha especialidade, foram agendadas 1.373 consultas e 1.632 retornos, isso em julho de 2018”, explicou Arthur Emílio.

Ele completa. “O modelo que temos hoje não dá mais, é só para tapar buraco, é para inglês ver. Não posso mais compactuar com isso. Pacientes passam pela UPA 4 à 5 vezes, os colegas não sabem como procederem. Se for depender de Clínico Geral para cuidar de paciente de Endócrino, não vai funcionar. É preciso fazer uma ação com adultos e crianças juntos, porque os adultos de amanhã são as crianças de hoje e, com isso, vamos educando e tratando elas desde cedo”.

O vereador e presidente da Casa de Leis, Rodrigo da Zaeli, disse que o projeto é de suma importância para Rondonópolis. “A cidade precisa de um projeto como este. Tem meu apoio e acredito que dos meus colegas também”. O vereador Subtenente Guinâncio completou. “Só quem perdeu um ente querido por conta da diabetes, sabe a importância deste projeto. Conte conosco”, concluiu.