Brasil recebe Encontro Internacional de Poetas da Língua Portuguesa
Supermoveis

Fullbanner2


Brasil recebe Encontro Internacional de Poetas da Língua Portuguesa

Fonte: Assessoria
SHARE

O Brasil será o palco de abertura da quarta edição do Encontro Internacional de Poetas da Língua Portuguesa. O projeto recebe autoridades e poetas de Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal. Contará ainda com o lançamento da antologia comemorativa “Todos os Tons da Poesia”, que apresenta 299 poemas de 133 poetas dos países lusófonos. O evento acontece dia 2 de setembro, no Auditório do Museu da República, no Catete.

Depois do Rio, o encontro irá desembarcar em Lisboa (Portugal), no dia 16, e se encerra em Maputo (Moçambique), no dia 23. A antologia, um dos pontos altos do encontro, reúne poetas de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tome e Príncipe e Timor Leste. A quarta-capa faz homenagem ao poeta moçambicano Rui de Noronha. E as orelhas da antologia homenageiam dois escritores clássicos: o português Du Bocage e o brasileiro Cruz e Sousa.

Para Mariza Sorriso, mentora e coordenadora do projeto, o livro apresenta as formas variadas de poetizar através da língua portuguesa, além de traduzir a sensibilidade humana de diferentes povos.

– Por meio do projeto, queremos integrar o maior número de poetas lusófonos, incluindo alguns que, por questões socioeconômicas, não teriam chance de serem ouvidos ou lidos. Por isso, unimos poetas das mais variadas idades e níveis de vivência poética, renomados e premiados, ao lado de estreantes na poesia – destaca Mariza Sorriso.

Além do lançamento do livro, a iniciativa no Brasil promoverá conferência com poetas de várias nacionalidades, com a proposta de falar sobre sua obra e a cultura de seu país. No Museu da República, também haverá apresentações musicais típicas de cada país lusófono. E ainda será proferida a palestra sobre “Interações poéticas entre Camões e Bocage” com a escritora Carmem Teresa Elias, professora, Mestre em Letras e especialista em Literatura Comparada.

Depois do Rio, o evento segue para o Palácio da Independência, em Lisboa, com a presença de autoridades e também com apresentações de poetas de todos os países lusófonos. Além disso, haverá a palestra “A importância da Integração dos Poetas Lusófonos para a Língua Portuguesa” pelo escritor Luís Filipe Correia Mendes.

O encerramento do quarto encontro acontecerá no dia 23 de setembro, na Universidade Politécnica (CREISPU) em Maputo. Nessa data, será anunciada a data e local da quinta edição que acontecerá no Brasil, Portugal e em Angola em 2018.

Além da programação oficial, serão realizados roteiros poéticos-literários nas diversas cidades participantes, como: Mesa de Leitura pelos poetas do IV Encontro, na FLISI – Feira Literária da Serra Imperial na residência de D.Pedro II, em Petrópolis, e ainda, participação em saraus e em outras Feiras Literárias no Brasil. Em Portugal: realização e participação em tertúlias, visitas guiadas à Casa de Fernando Pessoa, Casa de Amália e Parque dos Poetas. Em Moçambique: participação no Sarau “Onde Aconteço”, visita a Fundação Fernando Leite Couto e bibliotecas para doação de livros.

Montreal